Guerrinha: "Largada tricolor" - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

Coluna do Guerra23/11/2016 | 08h43Atualizada em 23/11/2016 | 08h44

Guerrinha: "Largada tricolor"

Guerrinha: "Largada tricolor" Mateus Bruxel/Agencia RBS
Foto: Mateus Bruxel / Agencia RBS

Logo mais, num Mineirão lotado, pintado de preto e branco, Atlético-MG e Grêmio fazem os primeiros 90 minutos da decisão que apontará o novo campeão da Copa do Brasil. Vale ainda uma vaga direta na Libertadores de 2017.

Jogo grande, que promete emoção do começo ao fim e que coloca o time de Renato Portaluppi na obrigação de apresentar o seu melhor para chegar com condições de decidir a situação na Arena.

Perigo – É vitória ou vexame. Apontado como grande favorito, o Vasco chega à última rodada da Série B correndo perigo. Enfrentará o Ceará, um turista na competição, com as honras de favoritão, mas se terminar o jogo sem a vitória, pode ser ultrapassado pelo Náutico e viver uma tortura inesperada.

Desabafo – Entrevistado ao final da derrota para o Corinthians, o goleiro Danilo Fernandes meteu a boca no trombone, com inteira razão. Foi claro ao dizer que o Inter parecia um time juvenil, que precisa fazer muito mais. Tudo isso se nota há algum tempo, mas passou despercebido pelos homens que comandam o clube.

Planejamento – Aconteça o que acontecer, dá para afirmar com segurança que o planejamento deu certo. Com muitas contratações discutíveis, o Inter se programou para o maior vexame de sua história: a Série B. Um castigo merecido para uma direção que pensou mal o futebol e imerecido para uma nação que apoiou sempre.

Perguntinha: O Grêmio fará outra festa no Mineirão?

Leia outras colunas do Guerrinha

*Diário Gaúcho


 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros