Guerrinha: é indispensável manter o engenheiro do time na Libertadores - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

Guerra Total26/12/2016 | 08h02Atualizada em 26/12/2016 | 08h02

Guerrinha: é indispensável manter o engenheiro do time na Libertadores

Colunista aponta a permanência de Douglas como decisiva para 2017 

Guerrinha: é indispensável manter o engenheiro do time na Libertadores LUCAS UEBEL / GR¿?MIO FBPA/Divulgação/GR¿?MIO FBPA/Divulgação
Foto: LUCAS UEBEL / GR¿?MIO FBPA/Divulgação / GR¿?MIO FBPA/Divulgação

Vale qualquer esforço. Até as paredes sabem que o Grêmio precisa contratar para ter um time mais competitivo, mas é indispensável pensar na manutenção de jogadores que foram decisivos em 2016.

Um deles é o habilidoso Douglas, a cabeça pensante do time do técnico Renato Portaluppi, que fez a diferença em vários jogos e despertou a cobiça de alguns que gostam de engenheiros.

Previsão de gastos
Não é simples como parece. Os mais apressados, doloridos pelo ano ruim, pelo castigo de despencar para a Segundona, acham que a solução no Beira-Rio é limpar o vestiário e buscar jogadores para montar um novo grupo. Sabemos que muita gente vai deixar o Inter, vender o peixe em outros lugares, mas as dispensas, as rescisões, significam gastos e muitas vezes nada pequenos. Agora, é hora de fazer contas, procurar interessados, e só depois sair atrás de novos nomes.

Risco corintiano
É mais uma aposta. Fora da Libertadores, com a conta bancária longe do ideal, o Corinthians decidiu arquivar o sonho de contratar um figurão para dirigir o time na próxima temporada. Vai apostar em Fábio Carille, que pela primeira vez terá que carregar uma mochila tão pesada nas costas e ninguém sabe até onde vai resistir.

Oscar, um milionário
Não dá para recusar. Com menos espaço do que tinha no Chelsea, o meia Oscar nem pensou muito em aceitar a oferta do futebol chinês, onde vai faturar R$ 7 milhões a cada 30 dias.Verdade que o jogador vai ficar longe da vitrine, mas essa é uma grana que o coloca como um dos milionários do futebol brasileiro.

Perguntinha
O Inter já tem negócios engatilhados?

 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros