Guerrinha: "Não dá para se queixar" - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

Coluna do Guerra23/12/2016 | 07h57Atualizada em 23/12/2016 | 07h57

Guerrinha: "Não dá para se queixar"

Guerrinha: "Não dá para se queixar" NORBERTO DUARTE/AFP
Foto: NORBERTO DUARTE / AFP

Tudo se decide dentro de campo, com a bola rolando, mas a grande verdade é que o Grêmio, entre todos os brasileiros, aparentemente pegou adversários menos qualificados.

Agora que já sabe quem vai encarar, a obrigação passa a ser um bom estudo sobre cada um deles, uma preparação adequada e seriedade para superar a fase com a melhor colocação, se possível com um bom número de pontos, para encaminhar vantagem nos mata-matas.

Esforço
Antes do Lance de Craque, Taison falou com a imprensa e disse que fará grande esforço para jogar no Inter em 2017. Caso a negociação seja concretizada, o técnico Antônio Carlos Zago ganha uma bela opção para a complicada temporada que terá pela frente.

Zagueiro — Após um ano em que o sistema defensivo fracassou, o Atlético-MG foi ao mercado e fechou com o zagueiro Felipe Santana, que estava na Europa e conhece o ofício.

Se continuar jogando o que jogava nos tempos de Figueirense, o Galo acertou na mosca e ganha um acréscimo no setor mais carente do time.

Justiça — Após namorar com Vanderlei Luxemburgo, a direção do Vitória parou, pensou e bateu o martelo com o técnico Argel, que atingiu o objetivo de manter o clube na elite do futebol brasileiro.

Com uma pré-temporada pela frente, a chance de indicar reforços, o comandante do vestiário do Barradão tem tudo para fazer um bom trabalho.

Perguntinha
Quantos reforços o Inter precisa?

Leia outras colunas do Guerrinha

*Diário Gaúcho


 

Vídeos recomendados para você

 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros