Zé Victor Castiel: "Na moita com o radinho pelo Inter" - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

Paixão Colorada16/03/2017 | 07h49Atualizada em 16/03/2017 | 07h49

Zé Victor Castiel: "Na moita com o radinho pelo Inter"

Zé Victor Castiel: "Na moita com o radinho pelo Inter" Carlos Macedo/Agencia RBS
Foto: Carlos Macedo / Agencia RBS
Zé Victor Castiel
Zé Victor Castiel

castiel.ze@gmail.com

Não deixa de ser inusitado o fato de que o jogo contra o São Paulo de Rio Grande, no próximo sábado, no estádio Beira-Rio, seja fundamental para o sucesso do Internacional neste Campeonato Gaúcho. E eu, que venho acompanhando o time em seu estádio, assistindo a todos os jogos desde que tenho seis anos de idade, neste não poderei estar presente.

A causa, no entanto, é muito boa. No mesmo horário do jogo, estarei feliz da vida, vendo meu filho João colar grau em Administração de Empresas no teatro do Bourbon Country. Nós, que estamos acostumados a vibrar com vitórias de nossos times do coração, também ficamos muito felizes com vitórias pessoais de nossos filhos do coração.

O Joãozinho, que soube ter paciência e se tornar colorado, como o pai, mesmo nascendo em 1994, época em que nosso time não andava lá muito bom das pernas, enquanto o Grêmio "papava" tudo, merece muito mais do que a minha presença em sua formatura: merece meu aplauso e admiração.

De qualquer maneira, levarei um radinho de pilha no bolso para, de vez em quando, saber como anda o Internacional. Tudo muito "na moita", mas suficiente para matar a minha curiosidade. E não será surpresa se, lá pelas tantas, durante a cerimônia, meu filho me lançar um olhar e com um discreto gesto de cabeça me perguntar quanto está o jogo.

Ah, o futebol...

Leia outras colunas da Paixão Colorada

*Diário Gaúcho

 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros