Gustavo Manhago: "Esquema vitorioso deve voltar contra o Paysandu" - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

Opinão24/05/2017 | 07h35Atualizada em 24/05/2017 | 07h35

Gustavo Manhago: "Esquema vitorioso deve voltar contra o Paysandu"

Na frente, meritocracia neles. Nico López e William Pottker

Gustavo Manhago: "Esquema vitorioso deve voltar contra o Paysandu" Robinson Estrásulas/Agencia RBS
Foto: Robinson Estrásulas / Agencia RBS

Sábado contra o Paysandu, em Belém, não acredito que Antônio Carlos Zago repetirá a temerária formação com três atacantes. O rival tem camisa, torcida e o mesmo número de pontos do Inter após duas rodadas da Série B.

Voltará o vitorioso esquema de Londrina, com Edenílson na segunda função do meio, ao lado de Dourado, Felipe Gutiérrez e D'Alessandro. Na frente, meritocracia neles. Nico López e William Pottker. O Inter tem três gols na Série B – dois do Nico e um do Pottker. Cirino que espere a vez.

Leia mais
Fartura de atacantes e carência de laterais e zagueiros: veja um Raio-X do grupo do Inter
Jovem da base se destaca, Sasha marca dois e reservas do Inter vencem jogo-treino por 6 a 0 
Zagueiro na lateral: Danilo Silva pode fazer sua estreia pelo Inter contra o Paysandu

Nesta terça-feira, os reservas fizeram jogo-treino com o São Paulo-RG e golearam por 6 a 0. Destaque para Danilo Silva, que atuou tanto na zaga quanto na lateral. Pede passagem.

William é dúvida para sábado. Danilo pode estrear ali. Mas o prefiro na zaga, ao lado de Cuesta. E que saia do time o Léo Ortiz.

O GRÊMIO DE RENATO – São 18 jogadores relacionados para a partida contra o Zamora. Renato usará força máxima na Libertadores e preservará no Brasileirão, domingo, em Recife. Gostaria do contrário. Faria um misto agora. O Zamora é muito fraco e vem a Porto Alegre pensando só no Venezuelano. Não oferecerá resistência. Gata Fernández pode ser a novidade no meio, no lugar de Ramiro, suspenso.

CHAPECOENSE – Triste que a Chapecoense tenha perdido no tribunal da Conmebol a chance de disputar as oitavas da Libertadores. Mas gosto desse tipo de ação. Uma comissão disciplinar define se há culpa e decide. Chega de enrolação, de recursos que trancam a Justiça, principalmente aqui no Brasil.

*DIÁRIO GAÚCHO

 

Vídeos recomendados para você

 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros