Zé Victor Castiel: "Justiça no Gauchão" - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

Paixão Colorada08/05/2017 | 07h01Atualizada em 08/05/2017 | 07h02

Zé Victor Castiel: "Justiça no Gauchão"

Nem sempre o melhor time é campeão. Desta vez, foi.

Zé Victor Castiel: "Justiça no Gauchão" Félix Zucco/Agencia RBS
D'Alessandro durante a partida contra o Novo Hamburgo, ontem, no Estádio Centenário Foto: Félix Zucco / Agencia RBS
Zé Victor Castiel
Zé Victor Castiel

castiel.ze@gmail.com

O futebol é um esporte que possibilita que, nem sempre, se estabeleça a justiça. Nem sempre o melhor time é o campeão. Desta vez, no entanto o Gauchão foi conquistado, com imensa justiça, pelo melhor time do campeonato, o Novo Hamburgo.

Beto Campos e seus jogadores merecem todos os elogios do mundo. Lideraram o campeonato do início ao fim, passaram por cima de quase todos os adversários, não perderam para a Dupla e, sobretudo, tiveram humildade, que é o combustível para as grandes conquistas.

O Inter, por sua vez, fez campeonato muito irregular. Chegou, por vezes a figurar perto da zona de rebaixamento. A favor, o fato de que essa é a primeira competição oficial que disputa depois do insucesso que foi a queda para a Série B. Mesmo assim, credenciou-se, também, com justiça, a disputar esta final.

Na verdade, os problemas que assolaram o Inter, principalmente com a lesão dos goleiros, podem, sim, ter afetado o ânimo dos jogadores. Mas não deveriam e não foram a razão para a perda do campeonato. O Inter não logrou êxito em conquistar o hepta porque enfrentou um time que se comportou de maneira exemplar. O Novo Hamburgo deu aula de foco e obediência tática.

Nada a reparar

O Gauchão está em boas mãos. Agora, a missão colorada será de agrupar as forças para enfrentar a Série B. Tenho certeza de que muitas lições foram tiradas e serão, com certeza, usadas na grande tarefa de voltar à elite do futebol brasileiro, única coisa que importa neste 2017.

 

Vídeos recomendados para você

 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros