Guerrinha: "É jogo para três pontos" - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

Guerra Total22/06/2017 | 07h00Atualizada em 22/06/2017 | 07h00

Guerrinha: "É jogo para três pontos"

Contra o Coritiba, Grêmio tem todas as chances de vencer esta noite

Guerrinha: "É jogo para três pontos" Bruno Alencastro/Agencia RBS
Foto: Bruno Alencastro / Agencia RBS

Logo mais, na Arena, o Grêmio, animado, jogando uma bola redonda, recebe o Coritiba, que faz uma campanha acima do esperado. Poupando ou não poupando jogadores, o Tricolor tem todas as chances de fechar a noite com outro resultado positivo.

Claro que ninguém ganha por decreto, sem jogar, mas se repetir o que tem feito neste começo de Brasileirão, o time do técnico Renato Portaluppi vai confirmar e chegar com muita bala contra o Corinthians.

DESEQUILÍBRIO — Está caindo de maduro.

Verdade que o técnico Guto Ferreira ainda não teve tempo para botar a mão na massa, que corre atrás da melhor escalação, mas está mais do que provado que, com o que tem, precisa fazer duas coisas com urgência: escalar os melhores de cada posição e abandonar o 4-2-3-1.

Com este esquema, o Inter fica vulnerável do meio para trás, com pouco poder de fogo e longe do rendimento que o chefe do vestiário tanto quer para começar a conseguir resultados.

ELEVADOR — Acalmou o ambiente.

Fora de casa, o Brasil-Pel derrotou o Juventude, derrubou o último invicto da Segundona e deu um belo pulo na tabela. Pelo andar da carruagem, o Xavante entrou nos trilhos e deixou o seu fanático torcedor certo de que o ano vai acabar bem.

LIDERANÇA — Faz parte do cardápio.

Apesar da derrota para o Brasil-Pel, o Juventude segue na ponta da tabela e não tem motivos para baixar a guarda. Se conseguir assimilar o que aconteceu, o time do técnico Gilmar Dal Pozzo vai seguir na briga e, pelo equilíbrio da competição, com muita chance de brigar por vaga na elite.

PERGUNTINHA

Quando o Inter vai entrar nos trilhos?

 

Vídeos recomendados para você

 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros