Guerrinha: "Jogo em Floripa tem cara de encrenca" - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

Guerra Total06/06/2017 | 07h00Atualizada em 06/06/2017 | 07h00

Guerrinha: "Jogo em Floripa tem cara de encrenca"

Com muitas novidades no time, Inter deve ser muito exigido em Floripa

Guerrinha: "Jogo em Floripa tem cara de encrenca" Rodrigo Oliveira / Agência RBS/Agência RBS
Foto: Rodrigo Oliveira / Agência RBS / Agência RBS

Logo mais, longe de casa, ainda atrás de uma resposta pela falta de regularidade, o Inter enfrenta o Figueirense, também atrapalhado, num jogo em que ninguém pode perder.

É fácil adivinhar que o time do técnico Guto Ferreira, com várias novidades na escalação, será muito exigido e vai ter que jogar mais do que fez contra o Juventude para subir na tabela e acalmar seu torcedor.

Satisfeitos

Não dá para reclamar.

Mesmo que ninguém diga publicamente, todo ficaram satisfeitos, na Arena, com o sorteio da próxima fase da Copa do Brasil, que comtemplou o Atlético-PR como o adversário, com o primeiro jogo no Humaitá e o segundo em Curitiba.

Se o quadro não mudar, mesmo que nada se decida fora do campo, o time do técnico Renato Portaluppi entra no mata-mata contra o Furacão com as honras de grande favorito.

Produção

Balançou e caiu.

Ameaçado faz tempo, o técnico Dorival Junior perdeu o emprego após a derrota do Santos para o Corinthians.

Num mercado em que os veteranos estão perdendo espaço, o ex-comandante do Peixe vai ter que ralar para voltar ao circo.

Façanha

Veio bem antes da hora.

A Chapecoense conseguiu uma façanha: formou um grupo qualificado e, faz campanha de luxo neste início do Brasileirão.

Tudo o que está acontecendo é um ensinamento para os verdadeiros grandes do nosso futebol.

Perguntinha

Com o Inter vai se virar com tantas ausências?aaa

 

Vídeos recomendados para você

 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros