Guerrinha: sobe mais o elevador - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

Guerra Total05/06/2017 | 07h01Atualizada em 05/06/2017 | 07h01

Guerrinha: sobe mais o elevador

Vitória complicada contra o Vasco aumenta o moral para o Grêmio pegar a Chapecoense e, quem sabe, reassumir a ponta da tabela

Guerrinha: sobe mais o elevador LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA/Gremio.net
Foto: LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA / Gremio.net

Em um jogo com mais dificuldades do que se imaginava, o Grêmio derrotou o Vasco por 2 a 0, atingiu o objetivo, chegou aos nove pontos, fechou a rodada nas pegadas da líder Chapecoense e mostrou que está na briga pelo título mais difícil do nosso futebol. Vitória importante, complicada, contra um rival que marcou muito e dificultou a vida da turma do técnico Renato Portaluppi, o que aumenta o moral para pegar a Chapecoense e, quem sabe, reassumir a ponta da tabela.

Sofrível – No Beira-Rio, de técnico novo, motivado pela atuação contra o Palmeiras, o Inter foi sofrível contra o Juventude, empatou em 1 a 1, escapou de perder, saiu de campo vaiado e mostrou que está completamente fora de rotação. Só se salvou Danilo Fernandes.

Qualidade – Ficou em boas mãos. Com mais qualidade, o Real Madrid goleou a Juventus e aumentou sua coleção de canecos da Liga dos Campeões. Vitória e título com a assinatura do técnico Zinedine Zidane, que trabalhou muito bem com as estrelas e provou que conhece o ofício.

Goleada – Mais do que merecido. Em casa, com uma bola muito maior do que se viu no jogo de ida, o São Luiz reverteu a vantagem do Inter-SM e assegurou lugar no Gauchão de 2018. Para voltar ao convívio dos melhores do Rio Grande, o time de Ijuí goleou o adversário por 4 a 1 e não deixou dúvidas.

Perguntinha
Quem vai parar o Grêmio?

 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros