Pedro Ernesto Denardin: "Sem informações" - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

Coluna do Pedro17/06/2017 | 07h01Atualizada em 17/06/2017 | 07h01

Pedro Ernesto Denardin: "Sem informações"

Inter que enfrenta o Santa Cruz é um mistério

Pedro Ernesto Denardin: "Sem informações" Leonardo Acosta / Agência RBS/Agência RBS
Foto: Leonardo Acosta / Agência RBS / Agência RBS
Pedro Ernesto Denardin
Pedro Ernesto Denardin

pedro.ernesto@diariogaucho.com.br

Nada se sabe sobre o time do Inter que será escalado por Guto Ferreira para enfrentar o Santa Cruz, na tarde deste sábado. Eu não me importo com os nomes. O que me parece fundamental é mudar o desenho tático.

Uma defesa com carências precisa ser guarnecida. A zaga do Inter tem suas dificuldades, e o meio-campo pouco a ajuda porque os homens de marcação são poucos e, invariavelmente, dominados pelos adversários.

O Inter precisa estancar a sangria de gols sofridos. Guto tem de buscar um time mais compacto, que marque seus adversários. Daí para frente será só alegria.

Possibilidade

Imaginemos que o treinador colorado retorne Edenilson para o meio-campo, colocando Júnio na lateral. Um meio que pode ser formado por Rodrigo Dourado, Edenilson e Uendel, com Carlinhos na lateral, e Juan na armação.

Pode não ser o meio-campo dos sonhos dos torcedores mas, certamente, é muito melhor do que o meio do Santa Cruz. E vai cuidar da defesa colorada. Acho que seria uma boa saída, mas, por enquanto, nada se sabe.

Lado do Grêmio

Do outro lado, mesmo contando com dois zagueiros maravilhosos, Renato não abre mão de sólida proteção. Contra o Fluminense, colocou quatro volantes, mais o recuo de Pedro Rocha.

Esta é uma diferença de tratamento tático entre os dois times. Talvez explique o sucesso do Grêmio e as dificuldades coloradas, mesmo contra adversários mais fracos.

 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros