Zé Victor Castiel: "A que ponto chegamos" - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

Paixão Colorada18/07/2017 | 07h00Atualizada em 18/07/2017 | 07h00

Zé Victor Castiel: "A que ponto chegamos"

Que Inter veremos em campo?

Zé Victor Castiel: "A que ponto chegamos" Carlos Macedo / Agência RBS/Agência RBS
Foto: Carlos Macedo / Agência RBS / Agência RBS

Dizer que o jogo de hoje à noite é importantíssimo para o Internacional é "chover no molhado". A grande dúvida é saber qual Inter veremos em campo: aquele que se impôs contra o Ceará e fez uma partida bastante produtiva, ou o que joga de maneira medrosa e inoperante nas partidas do Beira-Rio.

Os torcedores vão para o campo já tomados pela desconfiança. Está mais do que na hora de o Internacional ser o grande clube que é, impondo-se contra seus adversários, que na maioria são muito mais fracos.

A que ponto chegamos: dúvidas se o Colorado pode vencer o Luverdense dentro do Beira-Rio. Tenho o maior respeito pelo adversário, mas não é possível tomá-lo como uma grande potência do futebol brasileiro. O Sport Club Internacional tem muita tradição para este tipo de raciocínio. Isso tem que acabar imediatamente.

Os homens que comandam o futebol do Inter precisam, o mais rápido possível, detectar quais os problemas que estão engessando o futebol colorado. Feito isto, que se tomem as providências necessárias, para num futuro próximo sermos capazes de superar qualquer objetivo dentro da Série B.

Parceria entre torcida e time

A torcida tem feito sua parte, e hoje não será diferente. Lá estaremos, empurrando nosso time para frente. Mas, para isso, precisamos da parceria dos jogadores.

Espero que isso se inicie hoje a noite, com uma atuação convincente e a consequente vitória.

Pra cima com a viga, moçada!

 

Vídeos recomendados para você

 
 
 

Notícias

Assine o RSS

Últimas

Mais lidas

Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros