Zé Victor Castiel: "Temos um esboço de fórmula para enfrentar retrancas" - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

Paixão Colorada24/07/2017 | 07h01Atualizada em 31/07/2017 | 07h01

Zé Victor Castiel: "Temos um esboço de fórmula para enfrentar retrancas"

Com força e determinação, Inter dificilmente deixará de ganhar em casa 

Zé Victor Castiel: "Temos um esboço de fórmula para enfrentar retrancas" Fernando Gomes/Agencia RBS
Foto: Fernando Gomes / Agencia RBS

Depois de uma semana ausente, em função de outros afazeres profissionais, retomo o convívio dos leitores do Diário Gaúcho, agradecendo imensamente a generosidade de Marcelo Gonzatto, que acabou escrevendo textos muito melhores e lúcidos do que os meus. Valeu, Marcelo!

Já retorno escrevendo sobre o importante jogo que o Internacional fará contra o Goiás, amanhã, no Beira-Rio. Espero que os jogadores tenham assimilado a lição deixada pela partida contra o Oeste. Ficou claro que, se o Colorado se impuser contra o adversário, seja ele qual for, utilizando um futebol de força e determinação, dificilmente deixar de ganhar seus jogos em casa.

É certo que a maioria dos times que vier jogar aqui, o fará de forma cautelosa, o que vinha trazendo grandes dificuldades pelos esquemas adotados pelo Inter. Parece, no entanto, que temos um esboço de fórmula para enfrentar as famosas "duas linhas de quatro". Isto, necessariamente, passa por um meio-campo equilibrado, jogadas de armação lúcidas e marcação adiantada. Se este trinômio acontecer contra o Goiás, é muito provável que o Internacional comece a deixar para trás, definitivamente, as agruras de enfrentar retrancas.

A curiosidade

A grande curiosidade ficará por conta da estreia do meia Camilo. Isto porque uma boa atuação poderá determinar a possibilidade de substituição ou de alívio para o futebol de D'Alessandro. Coisa, aliás, de que o time se ressente desde o início de 2016. Vamos conferir. 

 

Vídeos recomendados para você

 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros