Luciano Périco: "Quem te viu, quem te vê, Corinthians" - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

Gigante da Galera28/08/2017 | 07h00Atualizada em 28/08/2017 | 07h00

Luciano Périco: "Quem te viu, quem te vê, Corinthians"

No returno, equipe paulista só fez três dos nove pontos disputados

Luciano Périco: "Quem te viu, quem te vê, Corinthians" Miguel Schincariol/Lancepress
Foto: Miguel Schincariol / Lancepress

O Dragão botou fogo no Brasileiro! Bateu o poderoso Corinthians em pleno Itaquerão. Confesso que não apostava um tostão furado que o lanterna Atlético-GO faria o crime. Eu e mais uma galera, né? Aquele time que parecia imbatível começou a bater pino. No returno, o Timão só fez três dos nove pontos disputados contra times da ponta de baixo da tabela. Perdeu duas vezes em casa. Venceu a Chapecoense no detalhe.

Se tem os cavalinhos do Fantástico aos domingos, a zebra resolveu aparecer com tudo no Brasileirão! Agora o Grêmio, contra o Sport, poderá baixar a diferença de dez para sete pontos e botar pimenta no campeonato. Óbvio que ainda é uma baita vantagem. Mas sempre vale lembrar que tem confronto direto entre as equipes, e que o Corinthians tem os clássicos paulistas pela frente. Pedreiras! Pelo jeito, tem muita água pra passar embaixo da ponte!

PASSANDO O RODO

Definitivamente, o Inter encontrou o caminho de retorno para a Primeira Divisão. Depois de seis vitórias consecutivas, a liderança é um fato concreto para o Colorado. Óbvio que o desempenho do time de Guto Ferreira ainda precisa melhorar de alguns aspectos. Mesmo assim, o Colorado sobra em relação aos demais postulantes a uma vaga na série A. É possível prever que a partir de agora começa a contagem regressiva para a volta à Série A.

ÚLTIMA LIGA

A dupla Gre-Nal tem os duelos com os mineiros pela Primeira Liga na quarta-feira. O Inter deve poupar alguns titulares. Só volta a jogar pela Série B contra o Juventude no dia 9. Tem tempo de recuperação. Já o Grêmio deve colocar em campo a equipe de transição. Por tudo que se tem visto, a competição será varrida do calendário em 2018. Uma ideia que parecia boa, para mostrar força das entidades e criar uma oposição aos desmandos da CBF. Mas os próprios clubes fizeram força para esvaziá-la. A Primeira Liga perdeu fôlego e acabou ficando perdida no meio dos outros campeonatos mais atrativos. 

 

Vídeos recomendados para você

 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros