Luciano Périco: "Sonho do hexa adiado" - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

Gigante da Galera24/08/2017 | 07h00Atualizada em 24/08/2017 | 07h00

Luciano Périco: "Sonho do hexa adiado"

Grêmio vacilou nos pênaltis e foi eliminado na Copa do Brasil

Luciano Périco: "Sonho do hexa adiado" LUCAS UEBEL / GREMIO FBPA/GREMIO FBPA
Foto: LUCAS UEBEL / GREMIO FBPA / GREMIO FBPA

A eliminação do Grêmio para o Cruzeiro foi um duro golpe para a equipe de Renato. Com Mineirão lotado, o dono da casa foi para cima e acabou fazendo o 1 a 0 para chegar à decisão por pênaltis.

E, mais uma vez na temporada, as penalidades atrapalharam a vida gremista. Marcelo Grohe pegou duas vezes, mas Edilson, Everton e Luan não marcaram e colocaram fora as defesas do goleiro. Todos sabemos que competição mata-mata é traiçoeira e, nem sempre, quem tem uma qualidade superior ou que vive o melhor momento, tem garantia de sequência.

Fora da Copa do Brasil e com Libertadores somente em setembro, o Grêmio poderá mergulhar de cabeça no Brasileiro na perseguição ao Corinthians. É difícil? Com certeza! Mas, se voltar a colocar os titulares em campo, pode reduzir a diferença. Além disso, ainda pode buscar a manutenção no G-6 e garantir vaga na Libertadores 2018.

TOLERÂNCIA ZERO – Renato deu um ultimato a Bolaños. O treinador perdeu a paciência com a postura do equatoriano, que alega não estar com a cabeça boa para estar em campo. Fica muito difícil entender os reais motivos que levam um atleta de ponta e que pode ser titular, ou no mínimo, uma excelente peça para mudar um jogo, a ficar fora de combate de uma hora para outra. Tenho a impressão da falta de profissionalismo.

É um assunto delicado, quando não se tem a palavra do jogador. Entretanto, se realmente tivesse algum problema muito sério com Bolaños em sua vida privada, Renato não colocaria a questão publicamente. Os dirigentes também cansaram da indefinição do jogador. O Grêmio investiu e não quer ver R$ 20 milhões escoarem pelo ralo. Tomara que ainda haja uma reviravolta nessa história. Seria bom para todos os lados!

TUDO NO LUGAR  Começou a faltar gasolina para o líder América-MG! Depois do empate no Independência com o Criciúma, o Inter pode ultrapassar o time mineiro e chegar ao topo da tabela. Depois da tempestade, tudo parece se encaminhar bem para o Colorado. Guto Ferreira tem a possibilidade de escalar pela quarta vez o mesmo time e chegar à sexta vitória consecutiva. Tão importante quanto assumir a liderança é abrir vantagem em relação à primeira posição fora do G-4.

VOLTA POR CIMA  O jogo contra Paysandu determina um marco na carreira de Cláudio Winck. Será o décimo jogo como titular na equipe principal do Inter. Com isso, vale a prorrogação do contrato automática por produtividade até março de 2019. Depois de surgir como promessa, teve uma sequência por lesões, foi emprestado e voltou para fazer parte do time B que disputou a Terceirona Gaúcha. Winck recomeçou do zero com um contrato de risco e virou dono da lateral-direita!

 

Vídeos recomendados para você

 
 
 

Notícias

Assine o RSS

Últimas

Mais lidas

Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros