Cacalo: "Noite consagradora" - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

Paixão Tricolor22/09/2017 | 07h00Atualizada em 22/09/2017 | 07h00

Cacalo: "Noite consagradora"

Foi uma união de forças inacreditável entre profissionais, direção e torcedores

Cacalo: "Noite consagradora" Frame Photo / Folhapress/Folhapress
Foto: Frame Photo / Folhapress / Folhapress
Cacalo Silveira Martins
Cacalo Silveira Martins

cacalo@diariogaucho.com.br

A vitória contra o Botafogo foi mais uma demonstração de força inequívoca do Rei de Copas. Nem interessa se vai passar pelo próximo adversário daqui a um mês, mas não podemos esquecer a participação de toda a nação tricolor naquela noite de quarta feira. Foi uma união de forças inacreditável entre profissionais, direção e torcedores, todos visando à conquista tricolor.

E o comandante Renato, mais uma vez, mostrou toda a sua competência. Mesmo que possa ter sido criticado pela escalação que mandou a campo, teve a sabedoria de perceber o que estava acontecendo e ainda na primeira etapa modificou o time que voltou para a segunda parte com outra feição. Atacou o Botafogo, alguns atletas cresceram de rendimento em face das mudanças táticas e, aos poucos, o Grêmio foi tomando conta da partida. 

Mas foi difícil, dificílimo, eu diria. Foi uma vitória do conjunto, do esquema tático, especialmente na segunda etapa, mas houve destaques individuais, mesmo que ninguém tenha jogado mal. Kannemann foi um gigante na área gremista, indo para o combate e preservando Geromel. Arthur cresceu consideravelmente nesse segundo tempo. Fernandinho foi uma máquina de guerra. 

O centroavante

Novamente, porém, como quase sempre em futebol, quem decide é o centroavante. Com qualidade, oportunismo e muita categoria, Lucas Barrios marcou o gol da vitória, fazendo explodir a Arena, continuando o show extraordinário que não me lembro de ter visto da torcida gremista. Trinta dias de descanso, e vamos para o Equador. 

 

Vídeos recomendados para você

 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros