Guerrinha: "Ficou do longe do esperado" - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

Guerra Total11/09/2017 | 07h00Atualizada em 11/09/2017 | 07h00

Guerrinha: "Ficou do longe do esperado"

Grêmio jogou bulhufas contra o Vasco e não conseguiu encurtar a desvantagem do líder 

Guerrinha: "Ficou do longe do esperado" Lauro Alves/Agência RBS
Foto: Lauro Alves / Agência RBS

Quase com a força máxima, num estádio fechado, o Grêmio jogou bulhufas, perdeu para o Vasco e não conseguiu encurtar a desvantagem do líder Corinthians. O Tricolor mostrou que precisa ser diferente no meio da semana, contra o Botafogo, se não quiser sofrer.

Foi uma das piores atuações do time do técnico Renato Portaluppi, que deu mole atrás, trabalhou com burocracia no meio e não existiu na frente.

ENGENHEIRO _ Nada fora da curva.

Após uma sequência de vitórias, algumas boas atuações, o Inter foi ao Alfredo Jaconi, jogou pouco, perdeu para o jogo, a liderança da Segundona e ainda teve o prejuízo da lesão de Klaus.

Mais uma vez, ficou provado que o time do técnico Guto Ferreira é dependente de D'Alessandro, o engenheiro do time. Sem ele, o Colorado vira um time sem criatividade e bem menos do que pode ser.

SOFRIMENTO _ Esse filme é manjado.

Quando tinha a chance de começar a sonhar com a fuga do Z-4, o São Paulo, em casa, empatou com a Ponte Preta e deu outra demonstração de que vai sofrer até o fim.

Claro que tudo pode mudar, mas o desenho do time paulista é o mesmo do Inter de 2016.

SONHO _ Acabou o sonho.

Fora de casa, o Ypiranga perdeu para o paulista Botafogo e viu escorrer pelo ralo a chance de brigar por lugar na Segundona do próximo ano.

Agora, é hora de parar, pensar e fazer um time forte para encarar a Série B do Gauchão em 2018.

Perguntinha

O Grêmio sabe porque perdeu para o Vasco?

 

Vídeos recomendados para você

 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros