Luciano Périco: "Falta pouco, Colorado!" - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

Gigante da Galera07/10/2017 | 07h00Atualizada em 07/10/2017 | 07h00

Luciano Périco: "Falta pouco, Colorado!"

Faltam só 10 jogos para o Inter voltar à convivência dos grandes

Luciano Périco: "Falta pouco, Colorado!" Ricardo Duarte/Divulgação/SC Internacional
Foto: Ricardo Duarte / Divulgação/SC Internacional

O ano não tem sido fácil, colorados! Mas agora, apenas 10 jogos separam o Inter do maior objetivo: a volta ao lugar de onde nunca deveria ter saído. A queda para a série B foi construída por uma série de equívocos de uma péssima gestão, arrogante na sua forma de tratar as coisas e que botou os pés pelas mãos na principal área do clube — o futebol. 

Demitiu treinadores a rodo, contratou mal e afastou o principal jogador, D'Alessandro. A troca da direção e o resgate da autoestima do torcedor foram os primeiros passos para a retomada. A turbulência e as dúvidas de que o objetivo final não seria atingido já passaram. Claro que não estamos diante de uma equipe imbatível. Qualquer tropeço causa dúvidas. Só que a qualidade maior dos jogadores fará a diferença. Mais quatro vitórias recolocam o Colorado entre os grandes em 2018. Ainda podem aparecer alguns resultados inesperados. Perto do final, o Inter só depende de si. E do seu povo!

Plantão médico

Na quarta-feira, o Grêmio volta à ativa no Brasileiro encarando o Cruzeiro na Arena. Vai com o que tem de melhor. Ou, na realidade, o melhor do que sobrou. Será o primeiro passo do projeto Guayaquil, que nada mais é do que esvaziar o DM e colocar quem estiver condições físicas em campo para pegar ritmo. Renato garantiu que Luan volta ao time antes do jogo da Libertadores. Fernandinho e Barrios já estão treinando normalmente e vão para a luta. Já Ramiro, com 48 jogos na conta de um calendário insano, vai tratar do desconforto muscular que sente. E Arroyo, que estava com dores na virilha, atuou pelo Equador na quinta-feira. A dor de cabeça de Renato é mesmo o volante Michel, em recuperação de uma artroscopia. Não deve viajar para o Equador, já que o prazo para estar em condições varia de 20 a 30 dias, fechando bem na data da partida com o Barcelona-EQU.

 

Vídeos recomendados para você

 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros