Cacalo: "Apoio total" - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

Paixão Tricolor06/11/2017 | 07h00Atualizada em 06/11/2017 | 07h01

Cacalo: "Apoio total"

Renato Portaluppi não merece críticas no comando do Grêmio

Cacalo: "Apoio total" André Ávila/Agencia RBS
Foto: André Ávila / Agencia RBS
Cacalo Silveira Martins
Cacalo Silveira Martins

cacalo@diariogaucho.com.br

Claro que vão aparecer alguns "entendidos", para dizerem que o técnico Renato acertou em cheio nas substituições, porque havia errado na escalação. Muito mais importante que as trocas foi o foco do time, na segunda etapa, especialmente depois que sofreu o gol do Flamengo. Percebe-se que, além de alterar a equipe, Renato transformou sua forma de jogar, o que demonstra lucidez. Jael fez boa partida e contra ele há um preconceito, cuja origem é clara. Fernandinho não fez boa partida e foi notada a sua saída com mais vigor, porque Everton entrou e logo marcou dois gols. Mas para tudo houve decisão correta do treinador, contra quem também já houve muito preconceito _ e ainda há, por parte de alguns.

Honestamente, não sei o que Renato ainda precisa fazer para definitivamente ser considerado um técnico de alto nível. No entanto, sinto-me no dever de respeitar opiniões alheias. Vale frisar que o Grêmio segue consolidado no G-4 do Brasileirão,  apesar de estar com os olhos voltados para a Libertadores. Se nos colocarmos no lugar de quem tem o dever de tomar decisões, entenderemos a dificuldade de definir prioridades e evitar risco de lesões em atividades supérfluas. Não é fácil chegar pela quinta vez a uma final de Libertadores e ainda estar no G-4 do Campeonato Brasileiro.

Temos que reconhecer o trabalho do técnico Renato. O importante é o torcedor perceber tudo o que está sendo feito, da forma como está sendo feito, e apoiar os atletas, porque nenhum time do mundo possui um elenco em que os reservas tenham a mesma qualidade dos titulares absolutos.

 

Vídeos recomendados para você

 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros