Cacalo: "Renato mostrou que ganha até com quatro volantes" - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

Paixão Tricolor09/11/2017 | 07h00Atualizada em 09/11/2017 | 07h00

Cacalo: "Renato mostrou que ganha até com quatro volantes"

Depois dos milagres repetidos de Grohe, não resta dúvida de que foi o mais extraordinário jogador 

Cacalo: "Renato mostrou que ganha até com quatro volantes" André Ávila/Agencia RBS
Foto: André Ávila / Agencia RBS
Cacalo Silveira Martins
Cacalo Silveira Martins

cacalo@diariogaucho.com.br

No final do jogo, até parecia que a Ponte Preta tinha um jogador a mais, dado o sufoco que o Grêmio passava. Com certeza, é o preço do desespero de ter de jogar a Segunda Divisão no ano que vem. E a Ponte até mereceu pelo menos fazer o gol do empate, ou até vencer de virada.

Estava preparado para escolher Ramiro como o melhor em campo, mas depois dos milagres repetidos de Marcelo Grohe, não resta dúvida de que foi o mais extraordinário jogador. Fez ontem a segunda maior defesa do ano, e a primeira se sabe, também é dele. Que goleiro espetacular! 

Que fase de Marcelo! Que trabalho do professor Rogério Godoy!

Renato mostrou que, além de competente, tem a sorte dos bons. Com sorte se vai longe. A Ponte foi brava e não merece cair.

Clube de primeira

Embora já tenha frequentado a Segunda Divisão, a Ponte Preta sempre foi relutante em aceitar passivamente seu retorno para lá. E a Macaca tem no seu elenco jogadores de bom nível técnico, capazes de não permitir que a equipe volte ao lugar em que ninguém quer estar. Mas isso não depende só deles. Há outros adversários que também buscam a permanência na divisão de elite, alguns inclusive com boa trajetória histórica.

A Ponte merece ser respeitada pelos bons jogadores que apresenta, como o centroavante Lucca, que vem sendo um grande fazedor de gols.

Qualidade vale para todos, e a Ponte tem essa qualidade, até por ser ainda um clube de Primeira Divisão.


 

Vídeos recomendados para você

 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros