Luciano Périco: "Como será o amanhã?" - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

Gigante da Galera08/11/2017 | 07h00Atualizada em 08/11/2017 | 07h00

Luciano Périco: "Como será o amanhã?"

Inter precisa voltar a ser protagonista

Luciano Périco: "Como será o amanhã?" Ricardo Duarte / Inter, Divulgação/Inter, Divulgação
Foto: Ricardo Duarte / Inter, Divulgação / Inter, Divulgação

Todo mundo sabe que o Inter voltará para a Série A em 2018. É questão de tempo, faltando só quatro rodadas para terminar o calvário. Convenhamos que não faz mais do que a obrigação retornar ao convívio dos grandes clubes do futebol brasileiro.

Há um oceano separando a estrutura do Inter em relação às outras 19 equipes da Série B. Por maior que seja a cautela dos dirigentes, já é hora de pensar na próxima temporada. O ponto inicial é o treinador.

O trabalho de Guto Ferreira vem sendo contestado em termos de desempenho. Vai atingir o objetivo do acesso, mas o time regrediu nos últimos jogos. Me parece um desempenho insuficiente do técnico, se colocarmos o padrão de exigência histórico para um clube do tamanho do Inter. Além disso, o grupo precisa ser qualificado. Principalmente no setor defensivo.

O Colorado tem de voltar a ser protagonista nas competições que vai disputar no ano que vem. A estrutura atual indica apenas um papel de coadjuvante, com risco de só fazer figuração!

MISTÃO – Faltando ainda duas semanas para o duelo contra o Lanús, o Grêmio deveria colocar os titulares contra a Ponte Preta. Somente Marcelo Grohe, Michel, Ramiro, Fernandinho e Everton viajaram para Campinas. É preciso dar ritmo de jogo à equipe. A única explicação para poupar tantos atletas é somente se há algum risco de lesão ou desgaste excessivo. O time precisa estar tinindo para encarar os argentinos. Se for para colocar uma equipe reserva, que seja no dia 19, contra o Santos na Vila Belmiro.

BOMBANDO – O quadro social do Grêmio teve uma verdadeira avalanche de novos associados após a conquista da vaga na final da Libertadores. Desde a última quarta-feira, o clube registra uma média de 500 novos sócios por dia, chegando a 89 mil. A meta é bater na casa de 100 mil. Muitos torcedores estão se associando para garantir vaga no jogo de ida contra o Lanús, no dia 22. Neste caso, é necessário pagar três mensalidades de forma antecipada.

MAIS SALGADO – Em comum acordo, Grêmio e Arena Porto-Alegrense vão aumentar o preço dos ingressos para a decisão da Libertadores. Não me agrada a medida! Claro que é um jogo especial, mais valorizado e a procura será maior do que a oferta. Só que as entradas não são baratas na sua normalidade. Aumentar o preço é crescer o olho na renda e esquecer da galera. Tomara que os envolvidos tenham bom senso e a majoração será feita com critério.

 

Vídeos recomendados para você

 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros