Zé Victor Castiel: "É preciso definir bem" - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

Paixão colorada17/11/2017 | 07h00Atualizada em 17/11/2017 | 07h00

Zé Victor Castiel: "É preciso definir bem"

Inter precisa saber o que quer para 2018

Zé Victor Castiel: "É preciso definir bem" Jefferson Botega/Agencia RBS
Foto: Jefferson Botega / Agencia RBS
Zé Victor Castiel
Zé Victor Castiel

contato@zevictorcastiel.com

Não é quem, é para quê? A definição no novo treinador do Inter deveria levar em conta as aspirações do clube para 2018. Em primeiro lugar, o Inter precisa terminar a reconstrução da autoestima. Precisará disso para ganhar títulos importantes. Anote aí: o Inter voltará a ganhar títulos. É óbvio. Vi grupos medianos alcançarem façanhas inimagináveis. Para isso, é fundamental acreditar. 

Nesta hora, o vestiário deve ser comandado por alguém que imponha autoridade e confiança. Entre os nomes que estão aí, Abel Braga é o mais indicado. Unicamente, pela circunstância, Abel é o remédio certo para a indisposição passageira. Bate firme na mesa quando precisa, ao mesmo tempo em que se alia às lideranças do vestiário.

O Inter precisa de uma voz forte, que tenha crédito junto à torcida para eventuais tropeços. Eles são normais. Mas devem durar pouco. O Inter, mais uma vez, começará 2018 pressionado. Um tipo de pressão que só os grandes sentem e com as quais só os grandes sabem lidar. Abel conhece a manha e os atalhos. Isso não garante vitória, mas assegura um bom ponto de partida.

Questão de escolhas

Além do treinador, é claro, precisamos pensar em jogadores. Completar o grupo com talentos que garantam um 2018 feliz. O Gauchão será bom termômetro, mas é na Copa do Brasil e nas primeiras rodadas do Brasileirão que as fichas começarão a ser jogadas. Essa não é a hora de apostas ou promessas. Isso a gente faz quando o vento sopra a favor. Agora é a hora do recomeço. É hora do Beira-Rio cantar de alegria outra vez.

 

Vídeos recomendados para você

 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros