Guerrinha: "Grana merecida e estátua na Arena" - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 

Guerra total22/12/2017 | 07h00Atualizada em 22/12/2017 | 07h00

Guerrinha: "Grana merecida e estátua na Arena"

Com Renato garantido, direção correrá atrás de reforços para deixar o grupo mais qualificado

Guerrinha: "Grana merecida e estátua na Arena" Jefferson Botega/Agencia RBS
Foto: Jefferson Botega / Agencia RBS

Nem poderia ser diferente.

Como já se esperava, Grêmio e Renato Portaluppi assinaram contrato de continuidade para 2018.

Além de receber uma grana nada pequena, mas mais do que merecida, o comandante do vestiário vai ganhar um presente que pediu durante a temporada: uma estátua. 

Agora, com um problema resolvido, a direção correrá atrás de reforços para deixar o grupo mais qualificado do que era.

FAVORITO _ Melhor era impossível.

Ao contrário de outros, o Grêmio vai ter pela frente adversários nada assustadores na fase de grupos da próxima Libertadores. O Tricolor tem todas as chances de acumular um bom número de pontos para decidir em casa na hora mais complicada da competição.

Com uma estrutura já assegurada, somada com os reforços que vão chegar, o time de Renato surge como favorito contra o paraguaio Cerro Porteño, o uruguaio Defensor e o venezuelano Monagas.

PACOTE _ Aumenta a curiosidade.

Quem ouviu o noticiário de quarta-feira ficou sabendo que o Inter pode anunciar, antes da virada do calendário, um pacote de reforços, tão esperado pelo torcedor que veste vermelho.

Mesmo com o pires na mão, a direção colorada trabalha em várias frentes para tentar entregar ao técnico Odair Hellmann um grupo bem perto do definitivo para 2018.

CASTIGO _ Cada um ganha o que merece.

Dono de uma bola redonda, de uma cabeça frágil, o meia Vagner, destaque do Gauchão de 2017 pelo Caxias, vai vestir a camisa do Bangu.

Se soubesse lidar com a vida fora de campo, o jogador certamente estaria, no mínimo, empregado num clube da Série B.

Perguntinha

Quem pegou caroço na Libertadores?


Cerro Porteño, o uruguaio Defensor e o venezuelano Monagas.

PACOTE _ Aumenta a curiosidade.

Quem ouviu o noticiário de quarta-feira ficou sabendo que o Inter pode anunciar, antes da virada do calendário, um pacote de reforços, tão esperado pelo torcedor que veste vermelho.

Mesmo com o pires na mão, a direção colorada trabalha em várias frentes para tentar entregar ao técnico Odair Hellmann um grupo bem perto do definitivo para 2018.

CASTIGO _ Cada um ganha o que merece.

Dono de uma bola redonda, de uma cabeça frágil, o meia Vagner, destaque do Gauchão de 2017 pelo Caxias, vai vestir a camisa do Bangu.

Se soubesse lidar com a vida fora de campo, o jogador certamente estaria, no mínimo, empregado num clube da Série B.

Perguntinha

Quem pegou caroço na Libertadores?


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros