Gustavo Manhago: "O poder da 9" - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 

Gigante da galera21/12/2017 | 10h35Atualizada em 21/12/2017 | 10h37

Gustavo Manhago: "O poder da 9"

 É a posição que mais mexe com os torcedores e com os dirigentes

 As maiores especulações do período atual, de férias no futebol brasileiro, giram em torno dos centroavantes. É a posição que mais mexe com os torcedores e com os dirigentes. Afinal, são os “ fazedores de gols”, como diria o ex- vice de futebol do Grêmio Adalberto Preiss. 

O Grêmio perdeu Barrios e não pode contar somente com Jael na frente. Precisa urgentemente de recomposição, seja com Henrique Dourado ( Fluminense) ou Jonathan Álvez ( Barcelona- EQU). O Flamengo quer levar Fred, do Atlético- MG, que por sua vez quer tirar Ricardo Oliveira do Santos. E Lucas Pratto pode ir para o River Plate- ARG, deixando o São Paulo na mão. 

Nesta “ levada”, o Inter navega em águas mais tranquilas. Tinha Leandro Damião e trouxe Roger, ex- Botafogo, para ser o reserva imediato. 

EDILSON 

Se o interesse do Cruzeiro prevalecer e Edilson deixar o Grêmio em 2018, será uma grande perda na Arena. O jogador foi muito importante na retomada tricolor ainda em 2016. Liderança no vestiário, bom cobrador de faltas e com muita raça, Edilson tem qualidades que a torcida adora. Léo Moura, bem mais experiente, pode ser mais técnico, mas o titular é bem mais efetivo no momento. O outro lateral-direito, Leonardo Gomes, não mostrou, nesta temporada, condições de vestir a camisa do Grêmio.

CAÍCO

Ele saiu do Inter no final de 1995. Agora, 22 anos depois, volta ao time principal para trabalhar como auxiliar técnico de Odair Hellmann na próxima temporada. Aos 43 anos, Caíco tem no currículo o último título nacional do Inter: a Copa do Brasil de 1992. Ou seja, resta a esperança de que, com ele, agora do lado de fora do campo, o Colorado possa reconquistar o Brasil. 

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros