Zé Victor Castiel: "Zero a zero... bola no centro" - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 

Paixão colorada20/12/2017 | 07h00Atualizada em 20/12/2017 | 07h00

Zé Victor Castiel: "Zero a zero... bola no centro"

Inter precisa de um balanço dos erros e acertos dos últimos dois anos

Zé Victor Castiel: "Zero a zero... bola no centro" Carlos Macedo/Agencia RBS
Foto: Carlos Macedo / Agencia RBS
Zé Victor Castiel
Zé Victor Castiel

contato@zevictorcastiel.com

O Internacional tem a ótima possibilidade de fazer uma coisa muito usual numa partida de futebol e que faria muito bem para a temporada de 2018: 0 a 0, bola no centro. Uso esta figura para dizer que é hora de fazer um balanço dos erros e acertos dos últimos dois anos e buscar ações que possam fazer com que o clube consiga iniciar, realmente, uma nova jornada.

Afirmo que um reinício é saudável e necessário e fará bem. Para um clube centenário e muito vitorioso, buscar um recomeço pode parecer pequeno, mas não é. É inteligente fazer uma avaliação profunda e partir para a ação, na tentativa de deixar para trás este tempo em que o clube, por diversas razões, não esteve à altura de sua história. Isso não significa, de forma alguma que a fase ruim seja esquecida. Ao contrário, é preciso ter bem presente na memória o que acontece quando erros são cometidos por arrogância.

No futebol, a presunção é fatal, principalmente num clube do povão, como é o Internacional. Uma gestão prepotente fez com que o Inter perdesse três anos. O ano de 2018 tem tudo para ser o da retomada. Marcelo Medeiros é o cara certo para a condução desse processo.

Vestiário forte e humildade

O elenco, ora sendo construído, é só uma peça desta engrenagem, que não pode desprezar atitude, garra, amor e respeito por camisa e história do clube, desprendimento dos mandatários, vestiário forte e humildade. A bola vai rolar para o novo ano.  Zero a zero... bola no centro.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros