Cacalo: "Dois fatos novos" - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 

"Paixão tricolor30/01/2018 | 07h00Atualizada em 30/01/2018 | 07h00

Cacalo: "Dois fatos novos"

A primeira notícia é a volta dos titulares. A outra, a proposta do Barça por Arthur

Cacalo: "Dois fatos novos" André Ávila/Agencia RBS
Arthur voltou a treinar Foto: André Ávila / Agencia RBS
Cacalo Silveira Martins
Cacalo Silveira Martins

cacalo@diariogaucho.com.br

Começo com a notícia de que a equipe titular do Grêmio deverá jogar no próximo final de semana a partida do Gauchão, contra o Cruzeiro. Matéria decidida. E não poderia ser diferente, na medida em que, no dia 14, o time joga a primeira partida pela Recopa Sul-americana. Com certeza, ainda não estará inteiramente preparado, uma vez que vive ainda a fase de pré-temporada. Mas é o que temos.

Assim, mais uma vez, baseado no calendário despropositado, o Tricolor coloca em jogo seu título de tricampeão da Libertadores na primeira partida da temporada. Convenhamos: não é a forma mais salutar e razoável de se fazer futebol profissional. Teremos de apelar para a vontade superior dos atletas em oferecerem o máximo de si sem estarem no ponto ideal. E o adversário, o Independiente, é uma equipe forte, entrosada, acostumada a disputar títulos e o maior vencedor de Copa Libertadores. Vamos à luta.

Outra notícia que circula é de que os representantes do Barcelona estiveram, ou estão, em Porto Alegre para contato com o Grêmio. Na verdade, dizem que foram conhecer as delícias do nosso litoral, visitando na praia de Xangri-Lá o presidente Romildo Bolzan, que gozava de merecido descanso no final de semana. Espero que o contato tenha sido proveitoso para ambas as partes, pois tenho convicção de que o Grêmio recebeu os catalães com a rotineira fidalguia. Mas negócios são negócios. Arthur, o dito alvo dos espanhóis, tem preço estabelecido por cláusula rescisória contratual e, certamente, caso prospere o negócio, o presidente estabelecerá o adequado momento para que o jogador deixe o Grêmio.

Nas nossas condições

Reconheço que posso estar falando sobre hipóteses. Para a saída de Arthur, como disse, é absolutamente imperiosa a necessidade de que o Grêmio, como clube grande que é, estabeleça suas condições, e a partir disso possa aceitar uma transação com o Barcelona.

Imagino, porém, que o atleta, em face do contato anteriormente mantido pelo clube catalão, que havia vindo a Porto Alegre e expôs foto entre eles, já tenha negociação muito adiantada em nível de contrato de trabalho. Esperemos que a equipe titular possa recuperar os pontos perdidos e que a negociação de Arthur atinja os objetivos traçados pelo Grêmio.

 

Vídeos recomendados para você

 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros