Vontade, contrato de três anos e esperança de chegar antes: como Moledo voltou ao Inter - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 

Reforço11/01/2018 | 10h22Atualizada em 11/01/2018 | 10h22

Vontade, contrato de três anos e esperança de chegar antes: como Moledo voltou ao Inter

Zagueiro de 30 anos assinou pré-contrato com direção colorada e se apresenta em julho

Vontade, contrato de três anos e esperança de chegar antes: como Moledo voltou ao Inter Panathinaikos  / Divulgação/Divulgação
Foto: Panathinaikos / Divulgação / Divulgação

Rodrigo Moledo é do Inter. O zagueiro de 30 anos teve acerto confirmado nesta quarta-feira e retorna ao clube a partir de 1º de julho, quando termina seu vínculo com o Panathinaikos, que atualmente detém seus direitos. O defensor assinará um contrato de três temporadas.

 Leia outras notícias do Diário Gaúcho   

Foi uma árdua negociação. As atuações de Moledo despertaram interesse de times turcos e, principalmente, do PAOK, atual terceiro colocado da Liga Grega. A direção chegou a oferecer cerca de 1 milhão de euros para levar o jogador imediatamente, mas o zagueiro preferiu esperar o tempo mínimo para poder assinar um pré-contrato com o Inter. 

A relação com o clube gaúcho, que chegou a oferecer o CT para que ele se recuperasse de uma cirurgia em 2015, e com o Brasil — sua família mora em Porto Alegre — pesaram para a opção dele pelo retorno.

— Moledo é um zagueiro que não se encontra no mercado nacional. Ele demonstrou interesse em assinar com a gente, inclusive abrindo mão de dinheiro. Com certeza é um reforço importante — comentou o vice de futebol do Inter, Roberto Melo.

A direção colorada não expõe publicamente, mas existe um desejo de que ele possa chegar a Porto Alegre antes de julho. Isso porque o Panathinaikos deve dinheiro ao zagueiro e mantê-lo por mais meio ano significaria aumentar a dívida.

 Leia outras notícias do Diário Gaúcho   

Não está descartado um empréstimo de Moledo a outro clube europeu até julho, mas o fim próximo do acordo pode dificultar a negociação. Por isso, há uma esperança do Inter de ter o defensor ainda no primeiro semestre.

Em seus dois últimos anos no Panathinaikos, Moledo atuou 44 vezes, entre campeonato nacional e Liga Europa. Marcou duas vezes, mas não conseguiu ser campeão. O clube passa por graves dificuldades financeiras, que acabaram se refletindo em campo. Mesmo assim, o zagueiro conseguiu se destacar e chegou a ser escolhido como o melhor do campeonato:

— Na Grécia, Moledo teve destaque por sua força defensiva e qualidade no jogo aéreo. Vai deixar saudade no Panathinaikos — resume o jornalista grego Tasos Chalkiopoulos.

Pelo Inter, em suas duas passagens, Moledo atuou 91 vezes, marcando cinco gols. Foi campeão da Recopa Sul-Americana em 2011 e tricampeão gaúcho, em 2011, 2012 e 2013. 

Moledo na Grécia

2017/2018

11 jogos
937 minutos
8 pelo Campeonato Grego
3 pela Liga Europa
5 vitórias
2 empates
4 derrotas
Defesa levou 14 gols
Moledo marcou um gol

2016/2017

33 jogos
23 pelo Campeonato Grego
10 pela Liga Europa
2578 minutos
15 vitórias
8 empates
10 derrotas
defesa levou 31 gols
Moledo marcou um gol

 Leia outras notícias do Diário Gaúcho   


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros