Guerrinha: "Estreia capenga do Grêmio" - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 

Guerra Total28/02/2018 | 07h00Atualizada em 28/02/2018 | 07h00

Guerrinha: "Estreia capenga do Grêmio"

Tricolor não mostrou bom futebol diante do Defensor

Guerrinha: "Estreia capenga do Grêmio" LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA
Maicon marcou o gol gremista Foto: LUCAS UEBEL / GREMIO FBPA

Ainda falta muita coisa.

Longe de casa, o Grêmio repetiu os primeiros jogos da temporada: teve mais posse de bola, foi melhor do que o apenas esforçado Defensor, mas não teve qualidade na conclusão. Empatou em 1 a 1 e deixou escapar dois pontos que, em outras épocas, não escapariam.

Apesar da largada, que não foi ruim, ficou muito claro que o Tricolor ainda está capenga e precisa de equilíbrio para sonhar com outro caneco da competicão.

SURPRESA – Não era o esperado.

Quem viu o treino aposta que Marcinho começa contra o Cianorte, amanhã, no Beira-Rio, enquanto Wellington Silva fica sentado na casamata para qualquer eventualidade.

Pela escolha de Odair Hellmann, fica claro que ele quer alguém do lado direito para ajudar o lateral Dudu e não quer fugir da forma de jogar que o Inter utilizou em quase todas as atuações do ano.

DESAFIO – Pena que foi tarde. Respirando por aparelhos, o São Paulo-RG convocou o experiente Ernesto Guedes para os três jogos que restam para tentar o milagre da salvação.

Conhecedor do riscado, motivador, o novo comandante tem um desafio nada fácil pela frente.

TROCA – Assunto resolvido. Sem tempo para especular, o Juventude anunciou Julinho Camargo, que fez bom trabalho no Veranópolis e decidiu trocar a folga pelo batente no segundo semestre. Até prova em contrário, o clube da Serra fez uma bela opção.

Perguntinha

O Novo Hamburgo vai escapar?

 

Vídeos recomendados para você

 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros