Guerrinha: "Fim da espera" - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 

Guerra total12/02/2018 | 07h00Atualizada em 12/02/2018 | 07h00

Guerrinha: "Fim da espera"

Grêmio finalmente buscou a peça que mais precisa para encarar a exigente temporada 

Guerrinha: "Fim da espera" Divulgação / Flamengo /
Foto: Divulgação / Flamengo

Após pesquisar um montão de nomes, conferir a conta bancária, o Grêmio finalmente buscou a peça que mais precisa para tentar ficar mais forte e encarar a exigente temporada de 2018: o centroavante.

Bateu o martelo com Hernane Brocador, que já vestiu várias camisas, estava no Bahia e chega com uma boa média de gol por jogo. Ele pode dar certo num time que estava carente na posição.

EFICIÊNCIA – Sem alarde, o menino Klaus segue fazendo um trabalho que merece todos os elogios. Claro que o zagueiro do Inter não é a última bolacha do pacote, que ainda precisa aprender alguns macetes da posição, mas, por enquanto, é o mais eficiente da cozinha vermelha.

BARBADA – O páreo está corrido. Ao natural, quase nenhum esforço, o Flamengo nocauteou o Botafogo e vai para a final da Taca Guanabara para encarar o Boavista. Dono de muito mais qualidade, sobrando na turma, o Mengão pode encomendar o chope.

BRONCA – Esquentou a chapa. Dono de um elenco que está longe de ser ruim, o Atlético-MG perdeu outra no Estadual e aumentou a bronca que estava metido desde o meio da semana. De longe, parece que o maior problema do Galo está na sua direção, e ainda vai custar para ser consertado.

Perguntinha: Grêmio terá três volantes na Argentina?

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros