Guerrinha: "Vida resolvida" - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 

Guerra Total26/02/2018 | 07h00Atualizada em 26/02/2018 | 07h00

Guerrinha: "Vida resolvida"

Time do técnico Odair Hellmann se atira de corpo e alma na Copa do Brasil

Guerrinha: "Vida resolvida" Lauro Alves/Agencia RBS
Foto: Lauro Alves / Agencia RBS

Num jogo em que sofreu no primeiro tempo e melhorou no segundo, o Inter, cheio de reservas, empatou com o São Luiz, somou mais um ponto e deu outro passo para acabar a primeira fase com a melhor campanha. Agora, com a vida resolvida no Gauchão, o time do técnico Odair Hellmann se atira de corpo e alma na Copa do Brasil, quinta-feira, no Beira-Rio, contra o Cianorte, quando terá os titulares e a obrigação do resultado.

QUEDA – Diminuiu a produção. Após uma largada de luxo, quando encaminhou a vaga para a fase decisiva, o Caxias não consegue mais vencer. Empatou os quatro últimos jogos, despencou na tabela e deixou o seu povo menos otimista.

GOLEADA – Recheado de reservas, sem o direito de dar mole, o Grêmio depositou três pontos na conta com a goleada sobre o Novo Hamburgo, ficou mais longe do susto e mais perto da briga pelo caneco. Agora, dá um tempo no Gauchão e passa a mirar o Defensor Tem a tarefa de largar bem na Libertadores para evitar sofrimento.

RUINDADE – Aumentou o perigo. Sem poder de fogo, o Novo Hamburgo perdeu para o Grêmio, voltou para o Z-2 do Gauchão e vai precisar tirar sangue das unhas para salvar a pele da tragédia. Pior de tudo: pelo que fez até agora na competição, o Noia não tem nenhum motivo para reclamar.


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros