Guerrinha: "Gre-Nal vale muito para os dois" - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 

Guerra Total21/03/2018 | 08h44

Guerrinha: "Gre-Nal vale muito para os dois"

Jogo serve para o Tricolor provar a superioridade e para o Colorado se despedir com dignidade  

Guerrinha: "Gre-Nal vale muito para os dois" Anderson Fetter/Agencia RBS
Clássico desta quarta é no Beira-Rio Foto: Anderson Fetter / Agencia RBS

Logo mais, no Beira-Rio, acontece o último Gre-Nal deste Gauchão. Apesar da enorme vantagem obtida no primeiro clássico, que deixou a classificação para a semifinal na mão, o jogo serve para o Tricolor provar a superioridade sobre o maior rival e mostrar que está, de novo, no caminho de novos títulos.

Leia mais
VÍDEO: o que eu faria se fosse os técnicos da Dupla no Gre-Nal
Sala de Redação: qual é o Inter que a torcida quer ver em campo no Gre-Nal do Beira-Rio?
Brigada Militar promete "tolerância zero" contra tumultos no Gre-Nal 

Para o Colorado, o confronto significa uma chance de fechar a participação de forma digna, para acalmar o ambiente e começar a curar uma ferida que está aberta e não pode aumentar.

PROVAÇÕES _ Não tem mistério.

Consciente da tarefa quase impossível, o Inter, certamente com mudanças na escalação, precisa entender que a prioridade, logo mais, é fazer um bom jogo, evitar outra derrota e provar que nem tudo está errado.

Tranquilo, sabedor da vantagem oceânica, o Grêmio vai para o jogo despreocupado, mas pronto para tentar repetir o que tem feito nos últimos compromissos.

Por tudo isso, o clássico promete.

ABERTO _ Tudo pode acontecer.

Verdade que a vitória, em casa, deixou o Veranópolis bem perto da vaga, mas não é menos verdade que o São José costuma tirar proveito do piso sintético e ainda está muito vivo na disputa.

Esse é daqueles jogos equilibrados, duros, de final imprevisível.

FAVORITAÇO _ É questão de lógica.

Dentro de casa, ao lado seu fanático povo, com a vantagem do empate sem gols, o Brasil-Pel volta a enfrentar o bravo São Luiz na condição de favoritaço.

Claro que não é páreo corrido, mas tudo indica que o Xavante vai superar a barreira e seguir atrás do Gauchão.

Perguntinha

O Grêmio vai jogar a morrer no Beira-Rio?


 

Vídeos recomendados para você

 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros