Luciano Périco: "Empate morno no Vieirão" - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 

Gigante da Galera08/03/2018 | 07h00Atualizada em 08/03/2018 | 07h00

Luciano Périco: "Empate morno no Vieirão"

Duelo entre Inter e Cruzeiro, em Gravataí, não teve boa qualidade

Luciano Périco: "Empate morno no Vieirão" Jefferson Botega/Agencia RBS
Equipes Foto: Jefferson Botega / Agencia RBS

O primeiro tempo no Vieirão foi de uma sonolência profunda. Bom para o tratamento da insônia. Inspiração quase zero das duas equipes. De um lado, o Cruzeiro estava lutando pela vida. Do outro, o Inter teve os reservas tentando mostrar serviço. Mesmo assim, o duelo não teve boa qualidade. Na etapa final, as duas equipes arriscaram mais na busca do gol. As chances se alternaram. Tanto o Estrelado quanto o Colorado pecaram nas conclusões. 

No Inter, a linha Nico López, Camilo e Juan Alano não funcionou. Tanto que Odair Hellmann acabou recorrendo a Wellington Silva e Brenner para melhorar a situação. Camilo, jogando os 90 minutos, não foi efetivo na criatividade. Perdeu mais uma chance. Marcinho ainda foi colocado na vaga de Roger e também teve chance de marcar. O 0 a 0 foi o terceiro empate sem gols do time reserva do Colorado. O Cruzeiro ainda chega com chances de escapar na última rodada. Por isso, não lamentou o resultado.  

Vitória suada na Arena

Maicon foi o principal personagem da vitória do Grêmio sobre o São Paulo na Arena. O capitão fez o gol de pênalti e foi o maestro das principais jogadas do Tricolor. Tudo passou pelo pé do cara! Agora o Grêmio fica de olho no duelo entre São José e Juventude hoje à noite, torcendo para o Papo não vencer. 

Com isso, a vaga entre os oito classificados estará garantida. Comandado pelo experiente Ernesto Guedes, o Leão foi guerreiro durante os 90 minutos e, mesmo com a derrota, ainda pode buscar a salvação na última rodada contra o Brasil-Pel. Vai tremer o Aldo Dapuzzo numa das grandes rivalidades da zona sul. 

A boa notícia para os gremistas foi a volta de Arthur aos gramados, depois da grave lesão sofrida na final da Libertadores. Após a partida, ele falou que não sentiu qualquer incômodo no tornozelo, tendo um desempenho melhor do que o esperado. Claro que ainda não deve ser titular no Gre-Nal. Mas, aos poucos, terá como objetivo principal retomar o ritmo normal.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros