Guerrinha: "Grêmio está proibido de dar chance ao azar" - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 

Guerra Total04/04/2018 | 07h00Atualizada em 04/04/2018 | 07h00

Guerrinha: "Grêmio está proibido de dar chance ao azar"

Com força máxima, time de Renato Portaluppi tem tudo para acabar a noite com vitória 

Guerrinha: "Grêmio está proibido de dar chance ao azar" Fernando Gomes/Agencia RBS
Time de Renato pega o Monagas Foto: Fernando Gomes / Agencia RBS

Logo mais, na Arena, o Grêmio volta a dar atenção para a Libertadores, sua próxima prioridade, quando encara o desconhecido Monagas, com amplo favoritismo e consciente de que está proibido de dar chance ao azar.

Com força máxima, moral nas nuvens, o time do técnico Renato Portaluppi tem tudo para acabar a noite com vitória e ainda mais animado para buscar a taça do Gauchão, domingo, no Bento Freitas.

IMPROVÁVEL _ Não vai rolar.

Até dá para acreditar que o Flamengo tenha interesse no técnico Renato Portaluppi, mas no cenário atual, bem empregado, salário nada pequeno, chance de novos títulos, a troca de emprego é improvável.

Mesmo que o contracheque seja maior do que recebe atualmente, que o Mengão seja uma enorme vitrine para qualquer profissional, a hora é de seguir fazendo o que está certo e colher frutos no futuro.

EMERGÊNCIA _ Vale a tentativa.

Sem Leandro Damião, com a falta de gols de Roger, chegou a hora do técnico Odair Hellmann experimentar um jeito que pode dar certo: Pottker no comando do ataque.

Se alguém já esqueceu, vale lembrar que o jogador atuou assim na Ponte Preta e cansou de mandar a bola para as redes dos adversários.

POSTURA _ Será bem diferente.

Consciente de que a reversão é impossível, o Brasil-Pel nada tem a perder na decisão de domingo e vai, com a maior das certezas, atacar o Grêmio muito mais do que fez na Arena.

A intenção do Xavante, pelo que se ouve, e provar que a goleada da Arena foi um acidente.

Perguntinha

Jael vai voltar a marcar hoje à noite?


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros