Guerrinha: "Pedreira para o Inter em Salvador" - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 

Guerra total19/04/2018 | 07h00Atualizada em 19/04/2018 | 07h00

Guerrinha: "Pedreira para o Inter em Salvador"

Colorado joga pelo empate, mas é fácil afirmar que terá de fazer força para se classificar

Guerrinha: "Pedreira para o Inter em Salvador" Ricardo Duarte / Inter, Divulgação/Inter, Divulgação
Missão difícil para Odair Foto: Ricardo Duarte / Inter, Divulgação / Inter, Divulgação

Um deles vai chorar.

Logo mais, no Barradão, Vitória e Inter decidem quem segue e quem fica pelo caminho na Copa do Brasil.

Em vantagem pela vitória no Beira-Rio, o time do técnico Odair Hellmann joga pelo empate, mas é fácil afirmar que vai precisar fazer muita forca para enfrentar uma pedreira.

Pelos ingredientes, a única coisa certa é de que teremos um jogo quente do primeiro ao último minuto.

CHEQUE _ Faz bem o Grêmio.

Nestas últimas semanas, muito se fala que o atacante Everton, titular indiscutível, válvula de escape do time do técnico Renato Portaluppi, entrou na mira dos compradores.

Acertadamente, a direção bateu o martelo, renovou o contrato, aumentou a multa rescisória e já sabe que tem um cheque polpudo nas mãos. 

ENCRUZILHADA _ Chegou a hora da verdade.

Atrasados na tabela, Vasco e Cruzeiro ficaram sem escolhas, hoje, quando enfrentam Racing e Universidad do Chile, respectivamente, fora de casa.

Se os brasileiros não pontuarem, é quase certo que vão se despedir da sonhada Libertadores.

SOFRIMENTO _ Quem viu, vai concordar.

Um dos mais cotados na Segundona, o Coritiba precisou ralar para derrotar o Atlético-GO, dentro de casa, e deu a senha de que vai comer o pão que o diabo amassou na competição.

Está caindo de maduro que o Coxa precisa e muito reforçar o seu elenco para acalmar o torcedor.

Perguntinha

Quem é o pior time da Série A?

 

Vídeos recomendados para você

 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros