Luciano Périco: "O Cebolinha trocou de turma" - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 

Gigante da Galera28/04/2018 | 07h00Atualizada em 28/04/2018 | 07h00

Luciano Périco: "O Cebolinha trocou de turma"

Atacante virou titular indiscutível no time de Renato Portaluppi

Luciano Périco: "O Cebolinha trocou de turma" Fernando Gomes/Agencia RBS
Everton ainda pode evoluir Foto: Fernando Gomes / Agencia RBS

Pergunto: Everton é melhor do que Pedro Rocha e Fernandinho, na função pelo lado esquerdo do campo? De primeira, respondo que sim. O Cebolinha está no seu grande momento vestindo a camisa do Grêmio. Há tempos, o presidente Romildo Bolzan projetava que o guri iria estourar. E chegou a hora.

Para mim, o rito de passagem foi o gol marcado no Mundial de Clubes, em dezembro, sobre o Pachuca. O cara trocou de turma. Everton é mais vertical, aprendeu a recompor a marcação sem a bola e tem o faro apurado do gol. Revejam o golaço marcado no Serra Dourada: tem a frieza dos grandes atacantes na hora de decidir.

Não é exagero dizer que ele rivaliza em importância no Grêmio com Arthur, Luan e Geromel. Lembram que PR32 tinha a mania de perder muitos gols? Fernandinho, mesmo com gols importantes,  como na final da Libertadores, fica um degrau abaixo. Everton ainda pode evoluir mais. É titular indiscutível do time de Renato Portaluppi.

BRONCA GIGANTE _ Tudo o que o Inter não precisava nesse momento era encarar um adversário que dá uma volta por cima incrível, desmontando um rival na Libertadores, como a Universidad de Chile, com uma goleada por 7 a 0. É bem assim que chegará a Porto Alegre o Cruzeiro de Mano Menezes, se achando a última bolachinha do pacote. Mas deve poupar jogadores.

Já o Colorado não tem muito o que negociar. É hora de fazer o dever de casa, somar três pontos para não entrar em paranoia. A volta de Damião, iniciando o jogo ao lado de Pottker, é a cereja do bolo e dá mais força ao ataque colorado.

Lucca até pode pintar como uma alternativa no segundo tempo, quando o camisa 9 cansar. Pottker e Lucca reeditariam uma velha parceria. Liberado pelo BID, Zeca fica à disposição no banco. E vamos deixar de lado aquelas preocupações da falta do ritmo de jogo. Tem qualidade, bota pra jogar, Odair!

 

Vídeos recomendados para você

 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros