Luciano Périco: "Pontos perdidos no Beira-Rio" - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 

Gigante da Galera30/04/2018 | 07h00Atualizada em 30/04/2018 | 07h00

Luciano Périco: "Pontos perdidos no Beira-Rio"

Claro que ainda não foi uma atuação brilhante, mas o Inter merecia vencer

Luciano Périco: "Pontos perdidos no Beira-Rio" André Ávila/Agencia RBS
D'Ale lamenta o empate Foto: André Ávila / Agencia RBS

Empate injusto! O Inter buscou a vitória desde o primeiro minuto da partida no Beira-Rio. O time de Odair Hellmann teve mais posse de bola e um grande número de finalizações. Empilhou escanteios. Foi melhor do que o Cruzeiro. Claro que ainda não foi uma atuação brilhante, mas merecia os três pontos. Perdeu boas oportunidades. Do outro lado, o time mineiro, poupando jogadores e com uma preguiça enorme para tentar ganhar o jogo. Retrancão com a grife Mano Menezes. 

O empate foi um baita negócio para o Cruzeiro. Um pontinho precioso na bagagem. No segundo tempo, a pressão colorada aumentou. Bombardeio vermelho. O time colorado parou no goleiro Rafael, destaque do jogo. A Raposa pouco saiu da toca. Danilo Fernandes quase não trabalhou. Ficou claro que William Pottker e Leandro Damião ainda sentem falta de ritmo. Lucca estreou com muita vontade e carimbou o travessão. Vai brigar pela titularidade.

PAPO CHATO _ É só pintar um resultado negativo pra reacender a discussão surrada entre poupar ou não jogadores, quando o clube está envolvido em três competições ao mesmo tempo. A derrota do Grêmio para o Botafogo não pode servir de álibi para o disparate. Está claro, de que é, sim, fundamental _ com todas as letras _ descansar atletas após seguidas partidas. Não há físico que aguente a maratona desumana imposta aos atletas. 

Também não tem o menor cabimento cravar, já no final de abril, que o Grêmio está abrindo mão do Brasileiro porque teve um empate e uma derrota em três jogos. É exagero! O campeonato termina só em dezembro. Voltando ao jogo do sábado, no Engenhão, o empate seria o resultado mais correto. Mas não é um jogo para se criar um drama, de que a estratégia estava errada. É óbvio que o jogo mais importante será amanhã, na Arena. Discutir isso é perda de tempo. Vale liderança da Libertadores no Grupo A. Autoexplicativo! 


 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros