Neto Fagundes: "A preocupação virou alegria" - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 

Paixão colorada22/05/2018 | 07h00Atualizada em 22/05/2018 | 07h00

Neto Fagundes: "A preocupação virou alegria"

Rodrigo Dourado, Lucca e Moledo fizeram a diferença. Até Patrick foi premiado com gol

Neto Fagundes: "A preocupação virou alegria" Lauro Alves/Agencia RBS
Goleada no Beira-Rio Foto: Lauro Alves / Agencia RBS

O torcedor colorado sabe que não é qualquer friozinho que vai lhe fazer deixar de ir ao jogo e de acreditar em melhores momentos. Não tem faltado empenho e vontade ao Inter, o que muitas vezes falta é qualidade, rapidez, eficiência na troca de passes e conclusões. Sentimos que a equipe já entendeu a mensagem do torcedor.

Para superarmos tudo isso, temos de ter amor à camiseta do Inter, sabemos que somos um time em formação e um clube em reconstrução, mas o mais difícil nessas horas é  entender que as coisas levam tempo para ficarem prontas. Porém, temos pressa, tivemos que trocar o pneu com o carro andando e isso dificulta demais. 

Sempre lembro do baile em que o conjunto perguntou se poderia começar, e o diretor do clube disse: "calma que o pessoal aqui chega tarde". Lá pela meia-noite, o dono do conjunto cobrou da diretoria, e o cara disse: "aqui, às vezes, o pessoal demora tanto que nem vem". É isso que não queremos mais, esperar. Queremos resultados, mas antes queremos enxergar a luta dos nossos jogadores com foco na vitória. Nosso lugar não é na ponta de baixo da tabela e sim lado a lado aos grandes clubes brasileiros. 

Olhar para a frente

Com a noite fria de inverno castigando e tendo a Chapecoense de adversária, a gente já sabia que não seria uma tarefa fácil, mas nós colorados queremos mais é olhar para a frente, em direção à parte de cima da tabela. Mesmo não tendo feito um grande jogo, uma vitória como essa de 3 a 0 era tudo que a gente precisava para dar aquele alívio na tabela. Temos muito a melhorar, mas ganhamos, e vamos lá. O que era preocupação antes do jogo virou alegria no final. Rodrigo Dourado, Lucca e Moledo fizeram a diferença. Até o Patrick, que não vinha bem, foi premiado com o gol.

 

Vídeos recomendados para você

 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros