Neto Fagundes: "Está chegando a hora do Gre-Nal" - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 

Paixão colorada12/05/2018 | 07h00Atualizada em 12/05/2018 | 07h00

Neto Fagundes: "Está chegando a hora do Gre-Nal"

Não irei ao jogo, mas meu coração estará lá, sofrendo e torcendo por um bom resultado

Neto Fagundes: "Está chegando a hora do Gre-Nal" Ricardo Duarte / Inter/Divulgação/Inter/Divulgação
Odair tem a missão de ajeitar o time Foto: Ricardo Duarte / Inter/Divulgação / Inter/Divulgação

Foi uma semana incrivelmente longa esta. Os meus amigos tricolores sorrindo a sua tranquilidade e nós, os colorados, só pensando no que irá acontecer. Alguma coisa será que mudou, de preferência para melhor, no esconderijo de Viamão? Não sei. O que eu sei é que não vejo a hora de acontecer este jogo, pois só aí poderemos saber do nosso poder de reação neste Campeonato Brasileiro.

Já goleamos e já fomos goleados, já fomos superiores e perdemos, já chegamos em desvantagem e vencemos, aí está toda a magia. Se fosse contra um outro time qualquer, o fim de semana seria normal, tranquilo, mas não é. Precisamos unir novamente, e com urgência, o triângulo direção, time e torcida. Aos poucos, vão caindo as fichas da dificuldade de um retorno ao pelotão de elite do futebol do Brasil, todos querem no nosso time aquele jogador diferenciado, mas sem dinheiro não se compra nada. Aos poucos, estamos nos livrando de jogadores que são muito caros e que a gente ainda paga. Estamos em reconstrução, e toda a reconstrução leva tempo. Queremos vencer, mas temos de entender que não podemos pular direto para o último capítulo sem antes assistirmos à novela toda. 

Paz no estádio e arredores

Não irei ao jogo, mas meu coração estará lá, sofrendo, batendo descompassado com o desenvolver da partida, torcendo principalmente para que os jogadores saibam que, além deles, muita gente estará torcendo por um bom resultado. O mais importante é que tenhamos paz no estádio e nos arredores, com qualquer resultado. Nunca esqueçam que a vida vale mais que tudo. No domingo, é Dia das Mães e elas, com certeza, não gostariam de ver seus filhos envolvidos em brigas e confusões. Ai, ai, ai, ai, tá chegando a hora.





 

Vídeos recomendados para você

 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros