Neto Fagundes: "Para mim, confesso, ficou bom o 0 a 0" - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 

Paixão colorada14/05/2018 | 07h00Atualizada em 14/05/2018 | 07h00

Neto Fagundes: "Para mim, confesso, ficou bom o 0 a 0"

Temos que dar os parabéns aos jogadores colorados pela entrega e a organização que tiveram

Neto Fagundes: "Para mim, confesso, ficou bom o 0 a 0" Carlos Macedo/Agencia RBS
Gre-Nal também teve provocações Foto: Carlos Macedo / Agencia RBS

Foi um Gre-Nal muito disputado e cheio de provocações, reclamações, pênalti não marcado, sinalizadores, escalações diferentes, mas o Internacional conseguiu neutralizar as jogadas do Grêmio e arrancou um empate com sabor de vitória no Gre-Nal, já que a conversa durante a semana toda é que seria uma goleada a favor do Tricolor. 

Leia mais
A confiante estratégia colorada pós-Gre-Nal 416
O que deu em Renato? E em D’Alessandro? Um Gre-Nal daqueles 
Árbitro de Copa do Mundo fez trabalho de Série D no Gre-Nal

Não foi um desempenho ofensivo bom do Inter, e isso precisa melhorar muito ainda, mas não podemos esquecer que há pouco o Santos levou uma goleada, e isso era a preocupação maior, ainda mais com a notícia de última hora que estaríamos sem o nosso capitão D'Alessandro. Zeca e Patrick foram guerreiros na contenção das jogadas do Grêmio, que mesmo com 70% de posse de bola, teve apenas duas conclusões no gol e muitas para fora. 

Temos que dar os parabéns aos jogadores colorados pela entrega, o comprometimento e a organização que tiveram. Pela diferença que era falada na qualidade das equipes, acho que no Gre-Nal nós ganhamos um ponto, enquanto o Grêmio perdeu dois. 

Mãe do juiz

Para mim, confesso, ficou bom o 0 a 0, não é fácil para ninguém enfrentar o Grêmio na Arena lotada. A torcida tricolor, é claro, não gostou nada do resultado, inclusive até antecipou a homenagem do Dia das Mães lembrando em vários momento da ilustre senhora mãe do juiz. 


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros