Guerrinha: Brasil precisa ter paciência na estreia - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 

Guerra Total16/06/2018 | 07h00Atualizada em 16/06/2018 | 07h00

Guerrinha: Brasil precisa ter paciência na estreia

Equipe liderada pelo diferenciado Neymar terá pela frente uma Suíça que marca forte e vai fazer tudo o que pode para não levar gol

Guerrinha: Brasil precisa ter paciência na estreia TARSO SARRAF/Estadão Conteúdo
Neymar em treino realizado na quinta-feira em Sachi, na Rússia Foto: TARSO SARRAF / Estadão Conteúdo

Chegou o dia.

Logo mais, depois de muitos treinos, ajustes, conversas com o que tem de melhor, a  Seleção Brasileira  faz a tão esperada estreia na  Copa da Rússia. Sob a batuta do diferenciado Neymar, o Brasil terá pela frente a retrancada Suíça, que marca forte, vai fazer tudo o que pode para não levar gol, somar ponto e sonhar com a segunda fase da competição.

Cabe ao time brasileiro ter paciência e habilidade para superar um degrau que só é grande pela ansiedade.  

Leia mais:
Árbitro de Brasil x Suíça é o mesmo de Real Madrid x Grêmio
O que esperar de Brasil x Suíça pela Copa 2018
Tite é o mais ansioso antes da estreia do Brasil na Copa do Mundo 

JOGÃO – Valeu o ingresso.

Como se imaginava, Portugal e Espanha fizeram um jogo grande, que acabou empatado em 3 a 3 e encaminhou a classificação de ambos para a próxima fase da Copa.

E, pelo que se viu, ficou de bom tamanho, apesar da maior qualidade dos espanhóis – esbarraram na categoria de Cristiano Ronaldo, autor dos três gols do seu time e candidato a goleador do Mundial.

Agora, é esperar para ver quem vai fazer mais contra Irã e Marrocos e ficar com o primeiro lugar do grupo.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros