Guerrinha: "Deu a lógica no Beira-Rio" - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 

Guerra Total14/06/2018 | 07h00Atualizada em 14/06/2018 | 07h00

Guerrinha: "Deu a lógica no Beira-Rio"

Inter jogou bem, confirmou favoritismo e entra na pausa para a Copa numa posição melhor do que a que se poderia imaginar no início do Brasileirão

Guerrinha: "Deu a lógica no Beira-Rio" Félix Zucco/Agencia RBS
Victor Cuesta comemora seu gol no 3 a 1 contra o Vasco Foto: Félix Zucco / Agencia RBS

Com o moral nas nuvens e muito mais qualidade, o Inter derrotou o Vasco, por 3 a 1, confirmou o favoritismo e vai para a parada da Copa entre os quatro primeiros do Brasileirão, numa campanha muito acima do que se imaginava no início da competicão.

Uma vitória mais do que merecida, com o dedo do técnico Odair Hellmann, que acertou na mosca na escolha de Nico López, que, além de ter feito um gol, teve muito boa atuação e se candidata, de novo, a brigar por uma vaga entre os titulares.

Leia mais:
Patrick ultrapassa Pottker e já é vice-artilheiro do Inter no ano
Na Ilha do Retiro, Grêmio empata em 0 a 0 com o Sport
Inter vence o Vasco por 3 a 1 no Beira-Rio e fica no G-4 durante a Copa

PARA O GASTO – Não dá para lamentar. Fora de casa, cheio de reservas, o Grêmio transpirou muito, jogou pouco, somou um ponto com o empate com o Sport, perdeu posições, mas comemorou o fim dos jogos antes da Copa, o que significa um tempo para recuperação dos lesionados e, acima de tudo, achar um jeito de voltar a jogar mais.

Agora, é tudo com a turma que cuida da enfermaria e com o técnico Renato Portaluppi.

Perguntinha

O Inter vai contratar na janela?

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros