Guerrinha: "Empate com o São Paulo ficou de bom tamanho para o Inter" - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 

Guerra total06/06/2018 | 07h00Atualizada em 06/06/2018 | 07h00

Guerrinha: "Empate com o São Paulo ficou de bom tamanho para o Inter"

Placar de 0 a 0 no Morumbi anima a turma de Odair Hellmann para enfrentar o Santos

Guerrinha: "Empate com o São Paulo ficou de bom tamanho para o Inter" Ricardo Duarte/Divulgação / Internacional
Nico López entrou no final da partida Foto: Ricardo Duarte / Divulgação / Internacional

Ficou de bom tamanho. Longe de casa, sem Dourado, sem D’Alessandro, o Inter fez um primeiro tempo sofrível mas melhorou muito nos 45 minutos finais. O time empatou sem gols contra o São Paulo e depositou mais um ponto na conta.

Leia mais
Moledo e Cuesta: os números da dupla de zaga que encaixou no Inter
Cotação GZH: veja as notas dos jogadores do Inter no empate com o São Paulo
Odair fala em "gostinho de vitória" e projeta três pontos contra o Santos

Claro que o melhor era a vitória, mas a igualdade no Morumbi pode ser considerada um bom resultado. A turma de Odair Hellmann vai animada para enfrentar o Santos, domingo, outra vez fora de casa, quando tenta pontuar para se manter na parte de cima da tabela.

JOGÃO – Mais um jogo enorme. Logo mais, na Arena, o Grêmio, quase com a escalação titular, enfrenta o Palmeiras, dono de um grupo muito qualificado, num jogo que vale briga na tabela e merece casa cheia.

Pelo fato de atuar em casa, o time de Renato tem todas as chances de repetir suas melhores atuações da temporada, fazer outra vitória e se aproximar da liderança da competição.

NORMALIDADE – Nada fora da curva. Sem Pedro, o Fluminense jogou para ganhar, mas bateu com a nuca no paredão contra o Paraná. Um resultado que só parece surpresa, mas mostra que o Fluzão tem pouca farinha no saco.

BRONCA – Ninguém faz milagres. Até as paredes sabem que o técnico Lisca adora desafios e sabe motivar como poucos. Mas ele aceitou uma bronca nada pequena: tirar o Ceará da guilhotina. Pelo que se viu até agora, vai comer o pão que o diabo amassou.

Perguntinha

A Seleção é dependente do Neymar?

 

Vídeos recomendados para você

 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros