Guerrinha: "Parece que desta vez a Bélgica vai" - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 

Guerra Total19/06/2018 | 07h00Atualizada em 19/06/2018 | 07h00

Guerrinha: "Parece que desta vez a Bélgica vai"

Equipe encarou o Panamá com seriedade e goleou sem esforço.

Guerrinha: "Parece que desta vez a Bélgica vai" Odd ANDERSEN/AFP
Mertens sobe ao alto para comemorar seu gol marcado contra o Panamá na goleada de 3 a 0 aplicada pela Bélgica Foto: Odd ANDERSEN / AFP

Não bateu na trave.

Verdade que o  Panamá  joga pouco ou quase nada, mas também é verdade que a  Bélgica encarou o jogo com a seriedade que deveria e, por isso, enfiou 3 a 0, sem muito esforço e com alguns momentos de brilho.

Após ser sempre apontado como a possível surpresa da Copa, parece que desta vez o time belga vai dar trabalho para os ditos favoritos e chegar mais longe do que costuma chegar na competição que acontece de quatro em quatro anos. 

Leia mais:
Com gol nos acréscimos, Inglaterra vence a Tunísia por 2 a 1
Com pênalti marcado com auxílio do árbitro de vídeo, Suécia vence a Coreia do Sul
CBF solicita áudios e vídeos das conversas dos árbitros no empate contra a Suíça

E, pelo que se viu da Inglaterra, que botou a língua de fora para derrotar a Tunísia, o time de De Bruyne e Hazard vai ser o primeiro do  Grupo G sem dificuldade alguma.

POSSIBILIDADES – Apesar de ter perdido dois pontos contra a Suíça, a Seleção não corre risco de deixar escapar a vaga. Se jogar o mesmo da estreia, passa o carro na Costa Rica. E se jogar só um pouquinho mais, tem todas as chances de fazer o serviço na Sérvia.

Claro que o Brasil precisa, antes de tudo, fazer a sua parte, mas a dificuldade que se avizinha é a inesperada possibilidade de ter que encarar a Alemanha na segunda fase.

Confira a tabela da Copa do Mundo

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros