Luciano Périco: "Decisão da Espanha beira o absurdo" - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 

Gigante na Rússia14/06/2018 | 07h00Atualizada em 14/06/2018 | 07h00

Luciano Périco: "Decisão da Espanha beira o absurdo"

Os favoritos Brasil, Alemanha, Argentina e França comemoram a troca de treinador

Luciano Périco: "Decisão da Espanha beira o absurdo" MIGUEL RIOPA/AFP
Lopetegui assinou com o Real e caiu Foto: MIGUEL RIOPA / AFP

Caiu como uma bomba a decisão do presidente da Federação Espanhola, Luis Rubiales, de demitir o técnico Julen Lopetegui às vésperas da estreia na Copa do Mundo contra Portugal. O treinador acertou as bases e vai comandar o Real Madrid, indignando o dirigente, que teria se sentido traído. É uma decisão que beira o absurdo. Pode colocar em risco toda a preparação espanhola na busca pelo bi. 

Rubiales ficou de cara porque não participou das negociações. O ex-zagueiro Fernando Hierro, que era diretor esportivo da Espanha, vai comandar uma das seleções favoritas ao título. Mesmo fazendo parte do contexto da preparação, a Fúria terá prejuízos antes de começar a caminhada no Mundial. Os favoritos Brasil, Alemanha, Argentina e França comemoram a decisão. Fica a dúvida: qual será o tamanho do estrago? 

CHEGOU A HORA _ É hoje! A Rússia está pronta para sediar o maior evento esportivo do planeta! Moscou recebe torcedores dos quatro cantos do mundo. Chamou atenção na região da Praça Vermelha a invasão sul-americana. Brasileiros, argentinos, colombianos e peruanos circulam com muitas cores e fazendo barulho. Torcedores do México também apareceram em grande número. A festa vai ser grande! 

TRAPALHADA _ O presidente da CBF, Coronel Nunes, pagou o maior vale em Moscou na reunião que definiu a sede da Copa de 2026. Roeu a corda. O dirigente ignorou o combinado com as dez federações que compõem a Conmebol de apoiar à candidatura de Estados Unidos, México e Canadá e votou no Marrocos. Não sabia que a escolha seria pública. Ficou muito chato para o Brasil. 

TUDO FECHADO _ Tite adota o mistério na reta final da preparação da Seleção Brasileira para a estreia na Copa. Está coberto de razão! Tem que esconder o ouro da Suíça. Aposto que a escalação será ofensiva com o quarteto Philippe Coutinho, Willian, Neymar e Gabriel Jesus. Deu certo na goleada sobre a Áustria no último amistoso. Tem que repetir a escalação, Tite! 

 

Vídeos recomendados para você

 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros