Luciano Périco: "Inter terá jogo duro pela frente contra o Sport" - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 

Gigante da Galera02/06/2018 | 07h00Atualizada em 02/06/2018 | 07h00

Luciano Périco: "Inter terá jogo duro pela frente contra o Sport"

Mesmo jogando em casa, colorados precisam de atenção para buscar os três pontos

Luciano Périco: "Inter terá jogo duro pela frente contra o Sport" Ricardo Duarte / Inter, Divulgação/Inter, Divulgação
Time vem de três vitórias consecutivas Foto: Ricardo Duarte / Inter, Divulgação / Inter, Divulgação

Nada é mais antigo no futebol do que a frase "em time que está ganhando não se mexe". Depois de derrotar Chape, Corinthians e Vitória, o Inter terá o Sport pela frente. Sem levar em conta esse papo de manter escalação, Odair Hellmann mexe, sim. Iago e Damião voltam nas vagas de Uendel e Rossi, e não há o que se discutir. Já Pottker precisa melhorar para não perder a vaga.

Leia mais
Embalado, Inter espera entre 35 e 40 mil torcedores no Beira-Rio contra o Sport
Inter x Sport pode ser o jogo do centésimo gol de Damião pelo clube 
Victor Cuesta comemora crescimento do Inter: "Estamos melhorando e evoluindo"

O que não deve mudar é a postura colorada. Assumiu um futebol mais vertical. O Inter colocou a cabeça no lugar e adquiriu confiança de que pode mais. Uma quarta vitória seguida vale ouro. E não seria nenhum absurdo acreditar que ela virá contra o Sport, que se recuperou com a chegada de Claudinei Oliveira. Vem de duas vitórias importantes, mas jogará sem a legião colorada: Anselmo, Winck, Ernando, Andrigo e Léo Ortiz. O Inter entra como favorito, mas não será barbada.

DESFALCADO – A expectativa da volta de Arthur contra o Bahia acabou não se confirmando. O volante, assim como Luan, nem viajou a Salvador. Com certeza, ambos vão fazer muita falta. Boa parte da criatividade do time gremista passa pelos dois. A previsão otimista é de que eles retornem contra o Palmeiras, na quarta-feira. Pelo menos, Ramiro volta. Será um jogo complicado. Uma vitória é fundamental para o Tricolor.

PIFADOR VOLTANDO – Quem vem com tudo depois do Mundial é Douglas. Só que é preciso ter paciência com o Maestro Pifador. Sem pressão, galera. Foram duas lesões graves e quase um ano e meio parado. Não será num passe de mágica que Douglas vai voltar a ser o articulador que era. A primeira mostra indica certo receio nos movimentos, o que é normal. Mas a qualidade e a precisão no passe não se perdem.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros