Neto Fagundes: "Não podemos fritar Pottker e Damião" - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 

Paixão colorada07/06/2018 | 07h00Atualizada em 07/06/2018 | 07h00

Neto Fagundes: "Não podemos fritar Pottker e Damião"

Eles trabalham para nos ajudar, querem vencer e atingir plenamente seus objetivos

Neto Fagundes: "Não podemos fritar Pottker e Damião" Maurício Rummens / Fotoarena/Lancepress/Fotoarena/Lancepress
Pottker está em busca de gols Foto: Maurício Rummens / Fotoarena/Lancepress / Fotoarena/Lancepress

Nós, torcedores, não temos muita paciência em esperar que jogadores melhorem seus desempenhos. Queremos resultados imediatos e atuações destacadas. Talvez por isso, muitos jogadores, apesar dos esforços, recebem vaias a cada jogada mal feita, aquele drible que não aconteceu, e aquele chute para fora ou no goleiro vira tragédia.

Falo isso por temos, no elenco colorado, dois jogadores que vivem momentos de tensão criados pela cobrança da torcida. Ela quer o bom desempenho, eles também. Por serem atacantes, isso se resume a fazer gols. O Leandro Damião quer o seu gol de número 100 e, com isso, muitas vezes cria a ansiedade de conseguir o feito.

Já o Pottker vive aquele momento de seca. Ninguém acostumado a ser goleador gosta de ficar tanto tempo sem marcar. Falo isso pois teremos um jogo decisivo para o nosso futuro contra o Vasco, no Beira-Rio, e a torcida precisa apoiar os dois, acreditar que quem já fez tantos gols poderá nos ajudar ali na frente, a qualquer momento, principalmente quando estiverem realmente recuperados de suas lesões.

Talvez isso só aconteça depois da parada da Copa do Mundo. Antes disso, precisamos nos manter nas primeiras posições da tabela para termos na parte ofensiva o que já conseguimos na parte defensiva. Com a qualificação da equipe começam a aparecer as qualidades individuais: a chegada do Zeca ajudou o Iago, que passou a jogar melhor, a dupla de zaga cresceu e ajudou o goleiro a melhorar seus desempenhos.

Ainda em reconstrução

Por isso, continuo lembrando que estamos em reconstrução, e não acho um bom negócio "fritarmos" jogadores como Pottker e Damião. Eles trabalham para nos ajudar, querem vencer e atingir plenamente seus objetivos.

Vamos acreditar nos seus melhores desempenhos nos jogos que teremos pela frente, não esquecendo que há bem pouco tempo o torcedor colorado já tinha colocado um dos nossos destaques da equipe de agora para assar. Alguns pediram até a sua saída, outros já tinham temperado e até colocado o Dourado na brasa.


 

Vídeos recomendados para você

 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros