Cacalo: "Grêmio voltou a ser o time que queremos" - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 

Paixão tricolor27/07/2018 | 07h00Atualizada em 27/07/2018 | 07h00

Cacalo: "Grêmio voltou a ser o time que queremos"

Obviamente Everton foi o grande destaque, mas a equipe teve alguns gigantes em campo

Cacalo: "Grêmio voltou a ser o time que queremos" Félix Zucco/Agencia RBS
Jogo contra o São Paulo foi uma retomada sob aplauso do torcedor Foto: Félix Zucco / Agencia RBS
Cacalo Silveira Martins
Cacalo Silveira Martins

cacalo@diariogaucho.com.br

O Grêmio voltou a ser o time que queremos. Foi uma grande demonstração de força, de comprometimento com a causa tricolor e da qualidade de nossos profissionais. Obviamente que Everton foi o grande destaque, pelos gols que marcou em belas jogadas individuais. Mas, com certeza, a equipe teve alguns gigantes em campo. 

Kannemann foi extraordinário. Não há bola perdida. Por ele, ninguém passa e ninguém brinca na frente dele. É um zagueiraço. O retorno dele devolveu à equipe aquela personalidade e maturidade costumeira. 

Foi muito positiva, também, a participação do lateral-direito Leonardo, contribuindo muito com o time.

Coletivamente, a primeira etapa foi de bom nível e a segunda de excelente desempenho. Pela sua luta, pelo seu empenho, pelo combate aos zagueiros adversários, Jael é titular. 

No todo, foi uma retomada sob aplauso do torcedor, mostrando a todos que o Grêmio não se entrega jamais. 

Força de vontade

Renato tinha razão quando afirmou que aquele Grêmio de domingo passado não era o Grêmio que conhecemos. E, desta vez, ninguém vai criticar a posse de bola massacrante, mas vertical, em direção ao gol adversário. 

O domínio foi total, as chances aconteciam e mais gols poderiam ter saído. A virada valoriza a vitória e a campanha. Mas, acima de tudo, o empenho e a força de vontade dos atletas foram definitivos.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros