Guerrinha: "Um duelo imperdível" - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 

Guerra total10/07/2018 | 07h00Atualizada em 10/07/2018 | 07h00

Guerrinha: "Um duelo imperdível"

Claro que é jogo enroscado, imprevisível, mas o time belga tem as melhores chances

Guerrinha: "Um duelo imperdível" EMMANUEL DUNAND / AFP/AFP
De Bruyne é um dos diferenciados da Bélgica Foto: EMMANUEL DUNAND / AFP / AFP

Logo mais, a Bélgica, com o moral nas nuvens e quatro jogadores diferenciados – Courtois, De Bruyne, Hazard e o grandalhão e habilidoso Lukaku –, enfrenta a badalada França, dos não menos qualificados Pogba, Griezmann e Mbappé, valendo a presença na grande final da Copa.

Claro que é jogo enroscado, imprevisível, mas o time belga, que acaba de mandar o Brasil para o aeroporto, tem as melhores chances de acabar a disputa com outra vitória a classificação na mão e mais próximo de, pela primeira vez na vida, comemorar o maior título do planeta.

EQUILÍBRIO 

Tudo depende das semifinais.

Faltando quatro jogos para o final da Copa, ninguém tem a certeza de quem será eleito o craque da competição.

Candidatos existem, mas apesar da escolha acontecer antes da final, que pode premiar até aquele jogador que não será campeão, ainda não surgiu uma unanimidade.

Nesta terça-feira, certamente, depois do confronto entre Bélgica e França, talvez já tenhamos um nome com a cotação maior do que os outros e que vai se aproximar da condecoração.

PERGUNTINHA

Inglaterra ou Croácia, quem passa?

 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros