Guerrinha: "Segue tudo em aberto entre Grêmio e Flamengo" - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 

Guerra Total02/08/2018 | 07h00Atualizada em 03/08/2018 | 09h46

Guerrinha: "Segue tudo em aberto entre Grêmio e Flamengo"

Só que para ganhar, vai ser exigido muito mais do time de Renato Portaluppi

Guerrinha: "Segue tudo em aberto entre Grêmio e Flamengo" André Ávila/Agencia RBS
Jogo terminou empatado em 1 a 1 Foto: André Ávila / Agencia RBS

Ficou mais complicado. Num jogo elétrico, de muita bola rolando, que valeu o ingresso, o Grêmio fez um bom primeiro tempo e saiu na frente, com Luan. Mas no segundo tempo foi encurralado, cedeu o empate no final da partida e tudo fica adiado para o dia 15 de agosto, no Maracanã.

Segue tudo em aberto na briga que vai definir quem passa para a próxima fase e mantém o sonho de botar a mão no caneco e na grana nada pequena da competição. Só que para ganhar, vai ser exigido muito mais do time de Renato Portaluppi.

DIFERENCIADO

Vai acabar o mistério no Inter. Com todo o grupo disponível, o técnico Odair Hellmann terá a chance de liquidar um assunto que está na cabeça de muitos torcedores e da imprensa: se D'Alessandro continua com a titularidade assegurada.

Ninguém sabe, ainda, os planos do comandante, mas dá para se dizer, sem margem de erro, que o gringo segue capacitado a fazer a diferença.

PROTAGONISTA

Com a saída de alguns jogadores, o paraguaio Romero, agora atuando como último atacante, virou protagonista no Corinthians e maior ídolo da torcida. Talvez, agora, com essa nova condição, o atacante deixe de ser coadjuvante.

RUINDADE

Faltando poucos jogos para o fim do turno, não dá para dizer quem serão os quatro classificados para a Série A. A briga na Série B é tão equilibrada que Coritiba e Ponte Preta, os favoritos, correm o risco de fracassar.

PERGUNTINHA

O Flamengo vai poupar no sábado?

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros