Lelê Bortholacci: "É um alento ver esse Inter jogar" - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 

Paixão Colorada08/08/2018 | 07h00Atualizada em 08/08/2018 | 07h00

Lelê Bortholacci: "É um alento ver esse Inter jogar"

Time está jogando como deveria ser sempre: buscando a vitória

Lelê Bortholacci: "É um alento ver esse Inter jogar" Reprodução / Twitter/Twitter
Time está maduro, defendendo com competência e atacando na hora certa Foto: Reprodução / Twitter / Twitter
Lelê Bortholacci
Lelê Bortholacci

lele@atlantida.com.br

A grande vitória da última segunda-feira em Belo Horizonte deu esperança aos colorados. Foi daqueles jogos de encher os olhos. Eu sei que não ganhamos nada ainda, mas com tantas coisas negativas que nos aconteceram nos últimos anos é um alento ver esse Inter jogar. Um time maduro, que se defende com muita competência, que troca passes, que ataca na hora certa. Que jogou como o Inter SEMPRE deveria jogar: buscando a vitória. 

Quem imaginava, no início do ano, que estaríamos disputando os primeiros lugares da tabela e com apenas três derrotas em 17 jogos disputados? Pois é... Mérito de Odair, que está provando ser um grande treinador. Além de montar um time explorando o melhor de cada jogador, também mostra habilidade na gestão do grupo. A imagem dos jogadores reservas entrando em campo ao final do jogo para vibrar com os titulares não sai da minha cabeça. Isso é característica de um grupo unido, fechado. E focado. 

Convicção da direção

Cabe ressaltar, também, a convicção da direção, que foi buscar jogadores fundamentais nesta campanha: Rodrigo Moledo e Patrick são dois exemplos de atletas que chegaram aqui com muita desconfiança e hoje são incontestáveis. Moledo também tem grande parcela na evolução de Cuesta. Temos ainda a volta do melhor futebol de Dourado, e a afirmação de Iago, Edenilson, Nico López e Pottker. 

Foi uma noite especial. Daquelas que nos autorizam a sonhar com o tetracampeonato.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros