Lelê Bortholacci: "Poderíamos, sim, estar disputando algo a mais neste segundo semestre" - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 

Paixão Colorada02/08/2018 | 07h00Atualizada em 02/08/2018 | 07h00

Lelê Bortholacci: "Poderíamos, sim, estar disputando algo a mais neste segundo semestre"

Nessas horas vem à cabeça aquela eliminação patética para o Vitória, em Salvador, numa das piores e mais frouxas atuações que eu vi do Inter na minha vida

Lelê Bortholacci: "Poderíamos, sim, estar disputando algo a mais neste segundo semestre" Ricardo Duarte/SC Internacional
Inter foi eliminado da Copa do Brasil pelo Vitória, nos pênaltis Foto: Ricardo Duarte / SC Internacional
Lelê Bortholacci
Lelê Bortholacci

lele@atlantida.com.br

A noite de quarta-feira (1) foi difícil para nós, colorados. Numa legítima "Superquarta" de futebol, ter que ficar assistindo a outros jogar é duro. Nessas horas vem à cabeça aquela eliminação patética para o Vitória, em Salvador, numa das piores e mais frouxas atuações que eu vi do Inter na minha vida. 

Essa derrota, somada ao formato esdrúxulo do calendário do futebol brasileiro, deixou o Inter apenas com o Brasileirão para disputar, onde vamos muito bem, diga-se de passagem. Mas poderíamos, sim, estar disputando algo a mais neste segundo semestre. 

Eu, como sempre otimista, creio que esse grupo tenha aprendido demais com aquela eliminação. E já mostrou isso ao bater o próprio Vitória, no mesmo local, pelo Brasileirão, com gol no último minuto, mostrando um espírito de indignação, que foi justamente o que faltou no primeiro encontro, pela Copa do Brasil.

Sonho de qualquer treinador

O lado bom disso é que, disputando uma única competição, não tem como dividir o foco. E ninguém pode reclamar da campanha que o Inter faz no Campeonato Brasileiro. Para as coisas melhorarem ainda mais, o departamento médico vai se esvaziando, e apenas Zeca ainda está em tratamento. 

Se o lateral se recuperar a tempo e, obviamente, ninguém se machucar nos treinamentos, o técnico colorado poderá contar com todo o grupo para o jogo contra o Atlético-MG, na segunda-feira. O que, convenhamos, é o sonho de qualquer treinador.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros